O espectro do FMI

"Anda um espectro pela Europa — o espectro do…" FMI. A frase original era de Marx e Engels e referia o comunismo.

O objectivo do manifesto do então jovem movimento de esquerda era denunciar as perseguições de que era alvo por parte "de todos os poderes da velha Europa".

Os tempos eram outros e também outra a nossa inocência. Após inúmeras experiências fracassadas, o comunismo perdeu encanto e foi desacreditado como mecanismo salvador do mundo. Mas o seu actual parceiro de ‘assombrações’, embora falhando rotundamente os objectivos de fundo de todas as intervenções que tem feito, embora sendo sabido e ‘ressabido’ que o resultado de um resgate (nome delicado para ‘empréstimo com juros insustentáveis’) é a recessão, e que esta gera a bola de neve da dependência dos países em crise relativamente a todos os ‘espectros’ do poder financeiro mundial, o FMI mantém-se imparável na sua marcha. São mistérios da História que só o tempo pode deslindar.

O que é bem mais fácil de deslindar são os resultados da actual intervenção em Portugal do FMI e dos seus parceiros: não mudará mentalidades nem comportamentos; custará muito caro e deixará o país tão pobre como antes. E de quem é a culpa? Como dizia José Mário Branco: "A culpa é de todos, a culpa não é de ninguém. […] Há culpa de todos em geral e não há culpa de ninguém em particular!"

Por:Francisco J. Gonçalves, Jornalista [CM]

 

"Há culpa de todos em geral e não há culpa de ninguém em particular!"

Como? Importa-se de repetir?


MARCADORES: , , ,

Publicado por [FV] às 14:32 de 11.05.11 | link do post | comentar |

3 comentários:
De Izanagi a 11 de Maio de 2011 às 18:59
Pelintras

Depois de o primeiro ministro José Socrates ter anunciado o pedido de
ajuda, o país ficou suspenso.

A expectativa era grande, os media anunciavam á exaustão a chegada
eminente do FMI.

Eis que na segunda-feira os homens desembarcam na Portela.

Cercados de jornalistas os FMIs (com ar de quem tinha viajado em
turística), avançam rapidamente para a saída e apanham... o primeiro taxi (?!)

O país ficou estupefacto! É conhecido o caso de um reformado que quase
sufocou ao engolir abruptamente um ovo cozido quando acompanhava o
directo na SIC Notícias.

Os gajos foram de taxi?????

Nem chauffeur nem limusina, nada, niente... isso mesmo, um Taxi!

Portugal pode estar à rasca, mas aqui qualquer quarto secretário de
estado tem pelo menos um carro com dois choferes ao dispor, isto para
não falar no primeiro ministro que tem 10 (!), e 'N' carros, o ultimo dos quais é esse chiquérrimo Audi A8 com corninhos luminosos, e tudo...

A surpresa não ficou por aqui.

No dia seguinte os 'camones' foram a butes do hotel até ao Ministério.
What??? Então e os carros de vidros escuros, batedores da PSP a cortar
o trânsito, a algazarra típica e tão nossa característica, aquele colorido que dá vida à nossa cidade e que tão bem foi copiado pelo pessoal lá do Gabão?

Enfim, esquisito. Só há uma explicação: os gajos, coitados, apreciam o
sol, só pode.

E chegaram às 9h??? Mas será que o grau de (sub) desenvolvimento deles
ainda não lhes permitiu descobrir que antes das 10:30 não se trabalha?
Coitados... os gajos estão mesmo pirados da carola!!!

Mas o pior ainda estava para vir. Então não é que eles não almoçam,
trocando-o por uma coisa a que chamam sandes?????? Espera aí, então não
é durante um almoço bem regado no Aviz ou Gambrinos que se trabalha e se
tomam as decisões mais importantes? Vê-se logo que daqui não vai sair
nada de bom...! Estamos desgraçados!


De Culpados ? sim a 11 de Maio de 2011 às 17:55
Culpas ? Claro que há ...
O que não há é Culpados ...
porque neste país de tansos abúlicos e carneirada,...
a Justiça não funciona e a maioria dos eleitores- cidadãos não pensam nem exercem os seus deveres nem direitos ...
estão alienados com futebol telenovelas religião e circo (des)'informativo' ... a que juntam migalhas de pão.



De 'Amigos'' Agiotas Parvos e Privatizações a 11 de Maio de 2011 às 17:48
----De: ''Amigos'' Agiotas e país de Parvos...

Parvoíces


Daquilo que se vai sabendo, sabendo também que muito daquilo que se sabe são “bocas” para ver se pega,
o empréstimo em tranches que aí vem é composto por, aproximadamente, um terço de dinheiro do FMI e o restante dos nossos amigos europeus.

O FMI empresta os carcanhóis a juro razoável (3,25 a 4,25%), os nossos amigos fazem negócio chorudo (juro a cerca de 6% !!) com o graveto que regateiam.

O FMI gostaria de nos ver a produzir cereais, os nossos amigos gostariam que nós lhos continuássemos a comprar.
O FMI gostaria de nos ver a apanhar peixe, os nossos amigos gostariam que apanhássemos o plástico do mar.
O FMI gostaria de se ver livre de nós, os nossos amigos querem-nos sugar o tutano.

Dos 78 mil milhões, 12 mil milhões vão para os sistémicos (bancos...)
e mais 35 mil milhões são para garantias (Parcerias PP, empresas públicas, ...)
(números redondos, porque para o comum dos mortais, mil milhões têm significado nulo por impossibilidade de imaginar o que representam).

Mais uns quantos mil milhões são para pagar os juros (sempre a crescer...) do empréstimo.

Os cidadãos pagam tributo feudal (ponto final).

Entretanto continuam a chegar cartas com aumento dos plafonds de crédito ao consumo e ofertas de aquisição, em prestações, dos mais diversos néctares e prazeres.

No dia 5 vamos votar.
Votar nos políticos, claro, porque os verdadeiros decisores não vão nessa cantiga.

Não é uma geração parva, mas o País inteiro.

LNT , [0.165/2011], Barbearia do sr.Luis
--------------------------

-----De: Privatizar tudo porque Vivem acima d...

RESPIREM AGORA.

Uma fuga de informação do círculo íntimo de Passos Coelho deu a saber que este incerto estadista tem um trunfo que considera ser a sua marca de identificação política.
Guardou a sua divulgação para o fim da campanha eleitoral e está convencido que assinalará definitivamente a sua imagem:
a privatização do ar.

De facto, como muito bem disse o avô político do referido estadista, os portugueses têm respirado muito acima do que deviam.

Por isso, vos recomendo.
Respirem fundo, respirem já, mesmo com sofreguidão.
Quando o Passos Coelho mandar vão ter que cortar na respiração.

- por Rui Namorado, GrandeZoo


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO