1 comentário:
De .. pela Europa confederada. a 23 de Maio de 2011 às 11:20
Crise
FMI: Resposta mais forte por parte da Europa é urgente
Margarida Vaqueiro Lopes , 20/05/11 Económico

O chefe da missão do FMI para a Irlanda disse hoje que a Europa precisa de um pacote de medidas mais abrangente para resolver a crise.

Ajai Chopra alertou, esta sexta-feira, para o facto de a Europa precisar de um pacote de medidas mais abrangentes que seja capaz de dar resposta à crise de forma eficaz.

Para aquele responsável do FMI, "um elemento-chave para uma solução mais europeia mais abrangente é ter uma estrutura de gestão de crise mais ampla que a actual". Na mesma ocasião, Chopra sublinhou ainda a necessidade de se fazer um 'upgrade' ao Fundo de Estabilização Europeu.

O chefe da missão do FMI para a Irlanda referiu ainda que "a magnitue e os termos dos financiamentos [feitos pelo fundo europeu] têm que ser de tal forma que convençam os credores particulares de que os encargos com a dívida vão ser sustentáveis mesmo em cenários adversos e que uma reestruturação da dívida é um cenário inexistente".

Chopra defendeu ainda rigorosos testes de stress à banca europeia, e "devem ser acompanhados, quando apropriado, por uma recapitalização, e em alguns casos, os bancos podem mesmo precisar de ser reestruturados ou então encerrados", concluiu.

-----------
Miguel Guerreiro , Lisboa | 20/05/11

É a HORA !

Este é o momento. A Europa tem de tomar a decisão: ou dá um passo em frente para uma federação com Governo Central eleito ou para outro modelo com Governo central OU desiste do modelo assente na moeda única. O que existe não serve e a prova está que à primeira crise é o descalabro da Europa.

Precisamos de um Estadista que una os europeus em torno de um projecto comum. Passamos mais tempo a discutir entre nós que a unirmo-nos a construir uma Europa forte que possa competir com a China e EUA.

Vamos lançar o debate


Comentar post