De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 2 de Junho de 2011 às 13:47
Na vida nada está garantido, senão a morte.
Porque é que os empregos ou os salários dos funcionários ditos públicos, hão-de estar?
E se a produtividade de uma empresa é factor de crescimento e a falta dela o seu encerramento, porque não se há-de premiar quem mais produz? O que é preciso é definir o que é produtividade na função pública... Mas isso é uma questão de legislação e bom senso. Ou nunca foi mal atendido na função pública? Ou nunca esperou demais num serviço público? Ou é funcionário público e está com receio de ser avaliado? Haja tino!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres