1 comentário:
De Preocupações na CausaNossa a 3 de Junho de 2011 às 10:32
---- Vintage PSD !
[- por AG, 2.6.2011 ]

"Nogueira Leite considerou que Portugal será obrigado a renegociar dívida", segundo registos da TSF.
Passos Coelho apressou-se a corrigir o seu conselheiro económico, diz a imprensa.

Opps! Segurem-se!
É a montanha russa PSD a dar um ar da sua graça!
Convem votar prudentemente.
O vintage depressa nos amargará em zurrapa.

---- Pias e ímpias

Pedro Passos Coelho recorreu ao aconselhamento politico de Dias Loureiro, noticiaram ha dias DN e CM, sem que tal fosse desmentido.
Via ímpia e inquietante que logo deu para se agitar o espectro de o país poder ver um dos artifices da criminalidade BPN ungido na pia do Ministério das Finanças, passando Passos a PM.

É certo que o lider do PSD se acha capaz de milagres e até já pediu maioria absoluta para não ter de governar com "pau de cabeleira" à ilharga.
...
---- O que temos a decidir dia 5

Ao aproximar-se o final da campanha eleitoral, fica claro que é a escolha do próximo Primeiro Ministro pelos portugueses que determinará a forma como o Memorando assinado com a Troika será TRADUZIDO em políticas/MEDIDAS, mais ou menos VIOLENTAS, nos próximos anos.

Independentemente das qualidades exigidas pela gravidade dos desafios à liderança do futuro governo

(José Sócrates tem defeitos, mas também determinação, resistência e experiência, enquanto

Passos Coelho tem certamente qualidades, mas a campanha revelou-o tergiversante, influenciável e impreparado, até para a acção no plano europeu),

trata-se no fundo de ESCOLHER entre

a tendência ULTRA-LIBERAL deste PSD, que abandonou a tradicional matriz social-democrata,

e a orientação do PS que, apesar da austeridade imposta pela vinculação ao Memorando, mantem a preocupação de PRESERVAR o Estado Social, REFORMando-o para lhe garantir a sustentabilidade.

Seria esclarecedor se, ainda antes do dia das eleições, os líderes do PS e PSD informassem os portugueses sobre a QUEM tencionam atribuir a pasta das FINANÇAS, se lhes couber chefiar o governo.

Depois, temos de exigir a todos que tudo se faça para o próximo Governo ser formado e entrar em funções com a máxima celeridade. O PR terá nisto um papel a desempenhar.

Ganhe quem ganhar as eleições, espero que a LUTA contra a CORRUPÇÂO seja colocada na agenda nacional e da Troika, na aplicação do Memorando.

Para que consigamos realmente ELIMINAR ineficiências e redundâncias na administração pública a todos os níveis, nas parcerias público-privadas e nas empresas públicas, que só existem para facilitar a corrupção no nosso país.
E para que novas oportunidades não se lhe abram e aproveitem com o programa de PRIVATIZAÇÔES previsto no Memorando.

---- Com a verdade me enganas
[-por Vital Moreira, 30.5.2011]

«Pedro Passos Coelho garante que PSD "não vai mexer nas taxas do IVA"».
Porém, como a subida do IVA (subida da taxa normal ou eliminação da taxa intermédia) tinha sido aventada pelo próprio PSD como única maneira de compensar a segurança social do corte de 4% na contribuição patronal para a mesma,
só há que concluir que o PSD se prepara para fazer esse corte sem compensar a segurança social.

---- Antologia do dislate político

«WSJ: Portugal "à espera de Salazar"».


Comentar post