De .Poupar ?! e Nomenklatura a Esbanjar !?! a 26 de Agosto de 2011 às 16:30
A presidente da Assembleia da República acaba de atribuir a Mota Amaral, na qualidade de ex-presidente do Parlamento, um gabinete, uma secretária, um BMW 320 e um motorista.

O despacho é assinado por Assunção Esteves, e remete para o articulado que regulamenta o funcionamento dos serviços da Assembleia da República, a Lei de Organização e Funcionamento dos Serviços da Assembleia da República (LOFAR), publicada em anexo à Lei n.º 28/2003, de 30 de Julho, e do n.º 8, alínea a), do artigo 1.º da Resolução da Assembleia da República n.º 57/2004, de 6 de Agosto, alterada pela Resolução da Assembleia da República n.º 12/2007, de 20 de Março.

O facto está a ser divulgado na Internet, e está a ser apresentado como uma prova de que a Assembleia da República não aplica a si mesma os cortes que, na atual crise, o governo tem vindo a impor aos portugueses.

Os e-mails que já correm na Internet sobre este assunto apresentam como título "Poupar????? É só para alguns....."

Creio que o pior problema é a aplicação das " leis " ...pelos juizes ... e neste caso pela Presidente da Assembleia da República e seus pares ...
Afinal ... todos aqueles foram eleitos para zelar pelos interesses colectivos...
Só que depois de " lá estarem " esquecem-se dos fins para que foram eleitos e ...pensam mais nos próprios interesses !!!
Isto de servir a " res publica " não é coisa fácil e requer uma grande capacidade de entrega e disponibilidade para os outros.
Falta de " cultura cívica " é o que mais se vê ...por todo o lado.
23.7.2011
----------------------------
Uma VERGONHA NACIONAL
Não será muito devido à crise, mas sempre dá para as meias solas …para ir á reunião!!! ou confraternização?

Folha salarial, da responsabilidade da Câmara Municipal de Guimarães, dos administradores e de outros figurões, da Fundação Cidade de Guimarães, criada para a Capital da Cultura 2012:

- Jorge Sampaio - Presidente do Conselho de Administração:
14.300 € (2 860 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 350 € por reunião
- Carla Morais - Administradora Executiva
12.500 € (2 500 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião
- João B. Serra - Administrador Executivo
12.500 € mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião
- Manuel Alves Monteiro - Vogal Executivo
2.000 € mensais + 300 € por reunião

Todos os 15 componentes do Conselho Geral, de entre os quais se
destacam Jorge Sampaio, Adriano Moreira, Diogo Freitas do Amaral e Eduardo Lourenço, recebem 300 € por reunião, à excepção do Presidente (Jorge Sampaio) que recebe 350 €.

Em resumo: 1,3 milhões de Euros por ano (dinheiro injectado pelo Estado Português) em salários. Como a Fundação vai manter-se em funções até finais de 2015, as despesas com pessoal deverão ser de quase 8 milhões de Euros !!!
Reparem bem: Administradores ganhando mais do que o PR e o PM !

Esta obscenidade acontece numa região, como a do Vale do Ave, onde o desemprego ronda os 15 % !!!
Alguém acredita em leis anti-corrupção feita por corruptos?
---------------------
Sociedade do "cunhacimento".

Impressiona a leitura do artigo do Correio da Manhã sobre a quantidade de políticos, ex-políticos, filhos e parentes que estão hoje alojados nos quadros da PT-Portugal Telecom. Um autêntico viveiro !!!
E faz ainda mais impressão pensar que a amostra é de uma investigação superficial; mais se aprofundasse, e muito mais se encontraria.
E o pior é se nos lembrarmos que esta não é a única bolsa de empregos da nomenklatura do regime; fosse feito o mesmo exercício na CGD e noutras prateleiras douradas, e o resultado seria estarrecedor.

Fazem parte dos QUADROS da PT os filhos/as de:
- Teixeira dos Santos.
- António Guterres.
- Jorge Sampaio.
- Marcelo Rebelo de Sousa.
- Edite Estrela.
- Jorge Jardim Gonçalves.
- Otelo Saraiva de Carvalho.
- Irmão de Pedro Santana Lopes.
Estão também nos quadros da empresa, ou da subsidiária TMN:
- João de Deus Pinheiro.
- Briosa e Gala.
- Jaime Gama.
- José Lamego.
- Luis Todo Bom.
- Álvaro Amaro.
- Manuel Frexes.
- Isabel Damasceno.
Para efeitos de "pareceres jurídicos" a PT recorre habitualmente aos serviços de:
- Freitas do Amaral.
- Vasco Vieira de Almeida.
- Galvão Telles.
.... e
semelhante para CGD, Metro, REFER, CP, ANA, ...etc


De Desgraçado e burlado povo a 26 de Agosto de 2011 às 16:44
À rica e à portuguesa

Não é à francesa mas, é muito mais à rica que a nossa “casa real” (da PR, Belém) vive a avaliar pelo orçamento.
Como o “nosso Rei” deixou de ter ordenado, face às exigências impostas pelo “governo de cubanos lisboetas”, segundo palavras do outro rei que, não sendo das Berlengas, se fixou , “ad eternum” na Madeira mas manda as gigantescas facturas para os amigaços governantes do contnente pagarem, provavelmente, em jeito de compensação foi-lhe aumentada a “ração orçamental”.

Na verdade nem a casa real espanhola ou inglesa têm um tão abastado orçamento como a do “nosso” Palácio de Belém.
Este valor orçamental, dava para 90 famílias que ganham o salário mínimo, viverem durante um mês. Estas contudo, são aconselhadas à coabitação social e se possível as IPSS normalmente ligadas à igreja e a outras instituições de gente de bem coisa de que se duvida o Estado esteja em tal consideração.

Deve viver-se bem num Palácio, ali mesmo ao pé dos pastelinhos de Belém com um orçamento de 45 mil euros por dia.

São 16 milhões por ano de orçamento para a Presidência da República, mais que o dobro daquilo a que tem direito a Casa Real Espanha que se fica pelos 7 milhões.

Como diria o António, o de Santa Comba, somos todos portugueses mas há uns que são mais portugueses que os outros. Assim era, assim continua e viva a democracia que os sacrifícios nunca são iguais para todos.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres