1 comentário:
De Da indignação à revolta a 5 de Setembro de 2011 às 14:42
Um país onde o povo morre de fome e a elite esbanja dinheiro, numa total sem vergonhice .

Lá como cá, o acumular de riqueza, ao mesmo tempo que se espoliam os mais elementares direitos/obrigações que dignifiquem a pessoa humana , são uma constante de todos os dias.

Nem a religião ou a ideologia politica e social são cultivadas em prol da prol. não será pois, de admirar que os surtos de revolta possam surgir e intensifiacar-se , um pouco por todo o planeta.


Comentar post