De Luta anti-Corrupção e Enriquecim. ilicit a 28 de Setembro de 2011 às 09:46
Carta que acabo de dirigir ao director do Jornal i:
O PS e a luta contra a corrupção

(-por AG , CausaNossa, 27.09.2011)
Caro Senhor Director,

Em relação à notícia pelo seu jornal publicada no dia 27 de Setembro de 2011 com o título
"Ana Gomes diz ter a sensação que Seguro não quer combater a corrupção",
gostaria de veicular o meu desagrado pela imprecisão abusiva que levou o seu jornal a atribuir-me uma crítica e observações sobre as intenções do Secretário Geral do Partido Socialista, que eu, de facto não fiz.
Na conversa telefónica que ontem tive com o jornalista Luís Claro, por sua iniciativa,
referi-me explicitamente ao Grupo Parlamentar do PS e à posição nele dominante sobre o enriquecimento injustificado
- de que discordo, que critiquei e que considerei, e considero, contrariar a determinação de combater a corrupção sublinhada pelo Secretário Geral do PS no último Congresso do PS.

Esclareço ainda não ter, de modo nenhum, afirmado que o Secretário Geral do PS "não quer combater a corrupção", como me atribui o seu jornal, erradamente.
O que disse - e mantenho - é que há no PS pessoas que não querem combater a corrupção.
Mas não é de maneira nenhuma essa a minha "sensação" sobre o actual Secretário Geral do PS, muito pelo contrário.

Muito apreciaria que este meu esclarecimento fosse publicado o quanto antes no seu jornal.

Com os melhores cumprimentos,
Ana Gomes


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 28 de Setembro de 2011 às 10:44
Pois, como eu a entendo...
Mas que no PS há pessoas que parecem não querer combater a corrupção, lá isso também a mim me parece haver.
Agora dizer nomes... e logo a do novo «líder», isso pia mais fino. Porque para dizer «nomes» é preciso haver provas. Porque senão a lei vigente cai em cima de quem ousa arriscar um «nome» mesmo que o diga que «a si lhe parece», que «parece mesmo...»
As leis em Portugal, e não só parecem (este trermo «parecem» é mesmo giro não é?) ter sido feitas para protegerem os criminosos em vez de para os punirem. Digo isto porque em nome do direito ao pretenso «bom nome», tudo se não permite sugerir. Não tem prova? Cale-se! (E engula?)
Pois tanto «direito» e tão poucas «obrigações»...
Tanta democrácia em vez de democracia...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres