De .Porquê o DESCALABRO no q é Público ?!! a 11 de Novembro de 2011 às 08:54

- Porquê o descalabro (financeiro e/ou técnico) em muitas empresas públicas, institutos e serviços públicos ?
Porque:

1- O poder político (partidário e económico associado) coloca nas entidades públicas ''boys'', novos 'barões' partidários ou intelectuais, familiares de ''barões velhos'' e amigos 'paraquedistas' ''de confiança'''... que nada percebem do sector, nem têm verdadeira competência ou experiência específica e muitas vezes nem sequer genérica ou da administração e refras públicas ...

1.1- e como estes 'excelentes' gestores/ administradores/ dirigentes estão gratos a quem lá os põe (no 'tacho') só podem corresponder dizendo 'amen' a tudo o que 'a tutela' pede ou dá a entender ou eles pensam que lhe pode agradar ...

1.2- mesmo que eles ou os técnicos 'da casa' apresentem dúvidas/reticências sobre esses actos da gestão/administração ou até diferentes propostas ... os ''excelentes administradores'' não querem ou não sabem ou não ''os têm no sítio'' para mudar de opinião e de rota...

2- estes dirigentes de entidades públicas ''rodam que se fartam'' (porque gostam de passear e de se mostrar e porque as mudanças de governo/partido e dos seus padrinhos a isso os obrigam!)

2.1- mas esta 'rodagem'/mudanças contínuas só criam instabilidade nos serviços/actividades, interrompem projectos (logo substituídos por outros a adjudicar a ...), não permite a consolidação nem a avaliação do que está em curso ...

2.2- nem permitem a identificação dos erros (e provas, que são destruídas ou escondidos ''debaixo do tapete''), nem a responsabilização/acusação dos verdadeiros responsáveis pela degradação das entidades públicas:
os seus administradores/ dirigentes e os governantes que lá os colocaram e interferiram com abuso de poderes ou não cumpriram o acordado/prometido.

2.3- note-se: não foram os trabalhadores que tomaram essas (in)decisões ruinosas !! mas, na prática, são eles os únicos avaliados e penalizados ... e a quem querem enviar para a ''mobilidade especial'' e despedir ... tendo-lhes entretanto feito vários 'cortes' no seu rendimento... enquanto os 'excelentes' verdadeiros culpados são promovidos e ganham prémios !!.

3- E será que é do interesse de alguém a ruína do que é Público ?
3.1- NÂO ...se esta fosse uma sociedade de bons cidadãos e todos assumissem que o que é público (colectivo, comunitário) também é Meu mas é Nosso e dos nossos descendentes e há que preservá-lo ... pois com isso todos beneficiamos e leva ao desenvolvimento da Nossa Sociedade/Nação .

3.2- Porém, SIM... alguém/algum grupo beneficia com a desafectação do que é Público, através duma Comissão, dumas Luvas, dum Emprego/'tacho' bom para si ou para os seus,... duma venda DESVALORIZADA e ... comprada a preço de saldo/rebaixa (e com até com ajudas, isenções, contratos/parcerias e benefícios especiais do ''Governo amigo'', tipo BPN em que o Estado ainda tem que injectar milhões para um grupo ''privado fazer o favor'' de o comprar ...), que de imediato manda para o desemprego boa parte dos trabalhadores, ameaça/amedronta os outros, impõe piores condições, elimina ramos deficitários/sociais, baixa os padrões de qualidade e segurança, ... e, porque é quase-monopolista, aumenta os preços aos clientes/utentes, e não demorará a dar grandes lucros ... mas que sobre os quais nada pagará de impostos porque entretanto muda a sede social ou do grupo para uma 'offshore', ... - isto é que é a gestão privada de bens/serviços privados, ou concessionados a privados, por 'oposição' a uma a gestão 'pública de favorecidos'...

Zé T.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres