De Zé T. a 4 de Novembro de 2011 às 12:10

No contexto desta crise, são TRETAS (políticamente intencionais) afirmações como:
« a culpa é da má gestão das despesas do Estado ou de baixa competitividade» e que
« as únicas soluções são privatizar a economia e aplicar planos de austeridade » (aos trabalhadores, à classe média)
...
----------------------------------
- ''Dívida pública'' ? ou privada ?!!

1. o problema das ''dividas soberanas'' é que c. dois terços é dívida PRIVADA (bancos, empresas, famílias), e só é um problema porque os governos (de Direita em 25 dos 27 países da UE, e com políticas neo-liberais...) assumiram os problemas dos bancos, suas dívidas e má gestão.

2. É matematicamente IMPOSSÍVEL resolver a questão das dívidas públicas e privadas, sem abordar a questão da criação monetária pelo crédito com juros associados, porque estas são as CAUSAS da dívida !.
...
----------------------------
3. É impossível sustentar os serviços de um ESTADO (mesmo ''magro'', reduzido, sem ''má gestão'') sem IMPOSTOS e estes terão de ser suportados por TODOS os cidadãos e EMPRESAS.

Contudo, o sistema vigente em Portugal (e ...) está distorcido, pois :
-- os TRABALHADORES por conta de outrém PAGAM impostos e
-- as Empresas FOGEM aos IMPOSTOS
(seja por falsificação de contabilidade, seja por actuarem ''debaixo da mesa''/sem recibos ou por sedearem os seus RENDIMENTOS/LUCROS em ''OFFSHORES''- onde não pagam impostos ou têm taxas baixíssimas ),
pelo que

- O que fazer ?

-- as Transações Financeiras (para o exterior) devem ser fortemente taxadas (''taxa Tobin'');
-- os ''offhores'' devem acabar ou ser-lhes exigida total transparência e troca de informações às autoridades dos países, tal como aos bancos (acabando com o segredo bancário) e um controlo muito apertado ;
-- ...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres