As greves e o Plano de Transportes de Lisboa e do Porto

Metro e Carris Desmantelamento e entrega a privados. Ao serviço de quem trabalha o grupo?

Pedro Gonçalves (ex-presidente da Soares da Costa e antigo administrador do Metro de Lisboa), entregou uma versão preliminar de um estudo feito pelo grupo de trabalho por si liderado aos autarcas da Área Metropolitana de Lisboa, onde propõe a supressão de um total de 15 carreiras da Carris, além do que designa de "encurtamento" e da "implementação de medidas de racionalização da oferta" em 33 carreiras.

No que se refere ao Metro de Lisboa, aquele ex-administrador e o seu grupo ponderam a redução de mais de 2h00 no período de exploração, com a passando aqueles serviços a encerrar às 23h00 e não à 01h00 em todas as linhas. Nas zonas periféricas das linhas azul e amarela o encerramento passaria a ser às 21h30 nas.

No âmbito da simplificação tarifária, é proposta a criação de um bilhete de tarifa plana, que será válido na Carris e Metro, do ‘Bilhete Cidade’. Além do significativo aumento tarifário.

Contudo, mais recentemente, por pressão dos grevistas ou por outra qualquer razão, o governo já veio “desautorizar”, algumas daquelas propostas, nomeadamente o encerramento às 23h00 do Metro.

O que não há dúvida é que alguma coisa tem de ser feito, os contribuintes não tolerarão, por muito mais tempo, a falta de clareza nas responsabilidades dos investimentos e da gestão dos recursos que continuadamente têm vindo a suportar.



Publicado por Zurc às 15:55 de 08.11.11 | link do post | comentar |

1 comentário:
De Porquê o descalabro no q. é Público ?!! a 9 de Novembro de 2011 às 10:41
- Porquê o descalabro (financeiro e/ou técnico) em muitas empresas públicas, institutos e serviços públicos ?
Porque:

1- O poder político (partidário e económico associado) coloca nas entidades públicas ''boys'', novos 'barões' partidários ou intelectuais, familiares de ''barões velhos'' e amigos 'paraquedistas' ''de confiança'''... que nada percebem do sector, nem têm verdadeira competência ou experiência específica e muitas vezes nem sequer genérica ou da administração e refras públicas ...

1.1- e como estes 'excelentes' gestores/ administradores/ dirigentes estão gratos a quem lá os põe (no 'tacho') só podem corresponder dizendo 'amen' a tudo o que 'a tutela' pede ou dá a entender ou eles pensam que lhe pode agradar ...

1.2- mesmo que eles ou os técnicos 'da casa' apresentem dúvidas/reticências sobre esses actos da gestão/administração ou até diferentes propostas ... os ''excelentes administradores'' não querem ou não sabem ou não ''os têm no sítio'' para mudar de opinião e de rota...

2- estes dirigentes de entidades públicas ''rodam que se fartam'' (porque gostam de passear e de se mostrar e porque as mudanças de governo/partido e dos seus padrinhos a isso os obrigam!)

2.1- mas esta 'rodagem'/mudanças contínuas só criam instabilidade nos serviços/actividades, interrompem projectos (logo substituídos por outros a adjudicar a ...), não permite a consolidação nem a avaliação do que está em curso ...

2.2- nem permitem a identificação dos erros (e provas, que são destruídas ou escondidos ''debaixo do tapete''), nem a responsabilização/acusação dos verdadeiros responsáveis pela degradação das entidades públicas:
os seus administradores/ dirigentes e os governantes que lá os colocaram e interferiram com abuso de poderes ou não cumpriram o acordado/prometido.

2.3- note-se: não foram os trabalhadores que tomaram essas (in)decisões ruinosas !! mas, na prática, são eles os únicos avaliados e penalizados ... e a quem querem enviar para a ''mobilidade especial'' e despedir ... tendo-lhes entretanto feito vários 'cortes' no seu rendimento... enquanto os 'excelentes' verdadeiros culpados são promovidos e ganham prémios !!.

3- E será que é do interesse de alguém a ruína do que é Público ?
3.1- NÂO ...se esta fosse uma sociedade de bons cidadãos e todos assumissem que o que é público (colectivo, comunitário) também é Meu mas é Nosso e dos nossos descendentes e há que preservá-lo ... pois com isso todos beneficiamos e leva ao desenvolvimento da Nossa Sociedade/Nação .

3.2- Porém, SIM... alguém/algum grupo beneficia com a desafectação do que é Público, através duma Comissão, dumas Luvas, dum Emprego/'tacho' bom para si ou para os seus,... duma venda DESVALORIZADA e ... comprada a preço de saldo/rebaixa (e com até com ajudas, isenções, contratos/parcerias e benefícios especiais do ''Governo amigo'', tipo BPN em que o Estado ainda tem que injectar milhões para um grupo ''privado fazer o favor'' de o comprar ...), que de imediato manda para o desemprego boa parte dos trabalhadores, ameaça/amedronta os outros, impõe piores condições, elimina ramos deficitários/sociais, baixa os padrões de qualidade e segurança, ... e, porque é quase-monopolista, aumenta os preços aos clientes/utentes, e não demorará a dar grandes lucros ... mas que sobre os quais nada pagará de impostos porque entretanto muda a sede social ou do grupo para uma 'offshore', ... - isto é que é a gestão privada de bens/serviços privados, ou concessionados a privados, por 'oposição' a uma a gestão 'pública de favorecidos'...

Zé T.


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO