De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 10 de Novembro de 2011 às 15:59
Como entendo o Otelo...
Ele, tal como muitos de nós, não sentimos que vivamos numa democracia... Como diriam os extintos e saudosos gatos Fedorento, isto que é uma espécie de democracia...
Vivemos numa ditadura democrática de doutos burocratas engravatadinhos que tomaram o poder usando aquilo que no antigamente se chamaria de regras da democracia, ou seja, usanda (manipulativamente; as regras do regime verdadeiramente democrático.
Nada é mais enganador do que a «verdade».
Também eu tenho esse amargo sabor de estar a ser diariamente enganado por esta espécie de democratas que governam não só o nosso cantinho mas , e infelizmente, as ditas democracias ocidentais... Era muito «mais fácil» a revolta parecessem como uns autênticos malandros e ditadores... mas não, infelizmente usam falinhas mansas, fato e gravata e dizem educadamente «dá-me lincença» e «muito agradecido» antes e depois de nos «irem ao c´_»!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres