De assimetrias & desigualdades a 25 de Novembro de 2011 às 09:54
Julgava eu que a mocinha da Assembleia da República, Assunção Esteves, detinha o recorde da pensão mais precoce, aos 42 anos, pois não paro de me surpreender, o Lima aquele que está a dormir na choldra por precaução ainda se reformou mais cedo, aos 39 com uma pensão vitalícia de 2.200 euros, a única fonte de sustento que aquela pobre alma parece ter, a fazer fé na sua declaração de rendimentos. Ou muito me engano ou ainda vamos pagar os milhões de euros que o sem-abrigo ficou a dever ao BPN.
E depois é o partido e o governo desta gentinha que nos vem dizer que andámos a viver acima das nossas possibilidades ou que é preciso elevar o limite de idade de acesso à reforma para os 67 anos, vai, lá vai. Metam-no definitivamente dentro, dêem-lhe de comer e uma enxerga para dormir e poupam uma grande parte desses 2.200 euros que eu estou farto do politicamente correcto, vão roubar chumbo que cobre já há pouco, são cem cães a um osso.


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 25 de Novembro de 2011 às 11:09
É uma vergonheira... Estas benesses que a classe política legalizou para si própria, não é?
Poderiamos até chamar a estas pensões e subvenções o RSI dos ricos, não acham?
Estão ao mesmo nível ou a um nível (moral claro!) ainda mais baixo...
Anda meio-mundo a «comer» à conta dos «Zés», uma verdadeira escandaleira!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres