12 comentários:
De .CGTP e Carvalho da Silva (...?). a 30 de Janeiro de 2012 às 16:35
.
O que podemos esperar de Carvalho da Silva?
(-por Daniel Oliveira)

...
Repito:
a esquerda não precisa de messianismos nem de homens providenciais. Isso é mais apanágio da direita portuguesa e nem ela hoje os encontra. Mas precisa da experiência e da militância cidadã deste homem. Não por ele. Mas pelas experiências e pela cidadania que ele pode mobilizar. E pela tolerância, espírito unitário e inteligência política que tem demonstrado. Como cidadão, espero que a política possa vir a contar com ele.

Publicado no Expresso Online
------------

Por muitas e justas (?) críticas que possam existir à actuação da CGTP/sindicatos e de Carvalho da Silva, a maioria dos trabalhadores por conta de outrém devem estar-lhe/s agradecidos pois, sem o seu sindicalismo, estariam bem pior e há muito mais tempo.
Sim, há que melhorar a actuação sindical, sindicalizar mais, reivindicar/manifestar e negociar melhor...
mas não é anulando o sindicalismo ou confiando apenas na UGT (dominada pelo centrão de interesses no Poder) e nos partidos, que os trabalhadores melhoram (ou evitam piorar mais) a sua situação.
Quanto às posições dos partidos da direita/ neo-ultra-liberais e seus mandaretes e capatazes ... é 'normal' que não consigam 'engolir' o Carvalho da Silva e temam que ele ainda se torne um líder capaz de ajudar a 'virar isto'...
Por mim, acompanho os votos de D.O..
Zé T.


De Contra Monstruosidade economico-social a 30 de Janeiro de 2012 às 16:48

Líder da CGTP diz que acordo de concertação social é uma "monstruosidade"
28.01.2012 - Por PÚBLICO

O novo secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, classificou como “inadmissível” e uma “monstruosidade económica e social” o recente acordo de concertação social, o qual deverá ser combatido "antes de ser aprovado".

( http://economia.publico.pt/Noticia/armenio-carlos-1531190 )


Comentar post