Desemprego ou trabalho escravo

              Zonas de Conforto  (

"Fracasso na procura de emprego deixa portugueses a dormir nas ruas de Londres".
"Há emigrantes portugueses a dormir nas estações de comboios da Suíça"
"Emigrantes portugueses tratados como escravos em França, Alemanha e Inglaterra".
"Estamos a ir além do memorando da troika" - Pedro Passos Coelho  

Agora pode-se dizer com toda a propriedade:  este é um Governo que pratica políticas assassinas.  

O que se poderá chamar a um Governo que deixa morrer a população de que é suposto cuidar?

 --------------

     651 milhões de euros para empresas de trabalho temporário e esclavagistas

      Acho que fica tudo dito sobre o que o Governo pensa do desemprego e dos trabalhadores do país quando a solução avançada para combater o desemprego jovem passa primeiro pelo subsídio estatatal às empresas de trabalho temporário, de modo a que façam o que compete aos Centros de Emprego, mas em condições muito piores para os trabalhadores, e depois pela promoção do trabalho escravo, não remunerado, a que se costuma eufemisticamente chamar estágios*.

    Quem conhece o mercado de trabalho sabe que a percentagem de empresas que acaba por contratar os estagiários é muito baixa. Em tempos de crise, ainda é pior, e a exploração imoral dos estagiários torna-se regra: há empresas a aceitar sucessivamente estagiários sem nunca os contratar.
    Já chega, ou ainda queremos levar com o Governo PSD/CDS durante mais tempo?
-----------------
     Desemprego saltou para 14,8% em Janeiro, diz o Eurostat.Número de empresas em despedimento coletivo quase duplicou em janeiro.     Novo chefe do FMI para Portugal admite contracção maior que o previsto.Recessão e desemprego ameaçam metas do défice, avisa UTAO. 
---------------------- 
       Psicopatologia da vida política portuguesa   
  A mentira compulsiva.     A neurose delirante.      A alucinação psicótica.      A esquizofrenia.       O transtorno de múltipla personalidade.  
Não temais: o pior ainda está para vir. 
     (-por Sérgio Lavos)


Publicado por Xa2 às 12:55 de 05.03.12 | link do post | comentar |

3 comentários:
De Maronetas desgovernantes. a 8 de Março de 2012 às 18:11
Manuela na maior, olimpicamente
(-por AG , CausaNossa, 7.3.2012)

Uma Dra. Manuela Ferreira Leite olímpica e surpreendentemente cordata e distendida, a que esteve esta noite na SIC-Notícias com Ana Lourenço.
Pela suavidade e destreza com que enterrou a faca afiada no peito de Passos Coelho e su Gaspar, remexendo-a num doce retalhar da política financista, seguidista e imprevidente.
Pelo relaxe "zen" com que constatou como o Governo se alarma agora diante dos números avassaladores e descontrolados da recessão e do desemprego que, inevitável e consabidamente, desencadeou, ingerindo sôfrega e acriticamente a mistela servida por Berlim.
Uma Manuela Ferreira Leite tranquila e benevolente, a lembrar que ninguém paga dívidas sem investir no crescimento, só com base em receitas recessivas punitivas.
E a sorrir, indulgente, da rapaziada armada em cosmopolita que corre a comprar qualquer amargosa compota germânica que lhe ponham à frente, como o "compacto" assinado em Bruxelas, na semana passada. O tal que nem para alemão ver vai servir - e Manuela, sereníssima, a notar que, no mesmo dia em que também assinou, "nuestro hermano" Rajoy tratou logo de o mandar às urtigas...
Uma Manuela Ferreira Leite hoje clarividente, a sublinhar como está tudo errado na sustentação do euro, se continuam a ignorar-se as divergências macro-económicas e a fazer-se vista grossa à selva fiscal. E a comprazer-se, sussurrante e gentilíssima, ao recordar como as sanções do PEC foram à vida, em 2004, mal a Alemanha passou a acompanhar Portugal a violar os 3% do défice...
Que é como quem diz, elegante e olimpicamente: "a meninos destes mudei eu muita fraldinha... "


De Escolhas Assassinas ? a 5 de Março de 2012 às 14:10
Opções homicidas?
(-Esquerda Republicana, 2.3.2012)

«O presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública considera que o impacto de algumas medidas políticas na área da Saúde poderão também ter contribuído para uma taxa de mortalidade acima da média, avança a TSF.»

Se em vez de recrutar 4000 militares, ou abdicar das Golden Shares a custo zero, vender a EDP e o BPN aos amiguinhos, ou tantas outras escolhas que tais, não se fizessem cortes absurdos na saúde, algumas vidas teriam sido salvas.
Será excessivo chamar «homicidas» a estas opções?


De Tugas: COVARDES ou LUTADORES ? a 5 de Março de 2012 às 13:32
Falcão:

Já o disse aqui uma vez [em forma de história ficcionada] mas agora digo directa e pragmaticamente. ISTO SÓ LÁ VAI À PORRADA desculpem-me lá os democratas, os diplomatas, os pacifistas, os dos consensos, os das palavras, os medrosos e os merdosos.

ISTO SÓ LÁ VAI À PORRADA, porque só assim é que a democracia deixa de proteger e ser manipulada por esta corja.
Um pouco de organização [fundamental], vontade e coragem e estes cabrões iam ter muito medo... mas mesmo muito medo !!!

Agora, enquanto cada um pensar que a si talvez a pancada não o atinja (pelo menos não com muita força), e que por isso não se deve UNIR a todos os outros que só aparentemente são Diferentes, e que está numa posição melhor, porque EU sou melhor, EU vou conseguir sozinho ... não vamos a lado nenhum...

O grande problema é que a maioria dos portugueses são egoístas, 'espertos' e ''não os têm no sítio''... em vez de se esconderem (até a pobreza é envergonhada!), de fugirem (ou emigrarem), deveriam JUNTAR-se, UNIR-se pelas causas comuns, contra os representantes e porta-vozes dos poderosos, contra aqueles que lhes estão a dar cabo da vida, do emprego, da família !!!


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO