2 comentários:
De Moka a 9 de Maio de 2012 às 11:02
É só denúncias e indignação... toda a gente sabe destes escândalos e governanços à conta do Zé Povinho, mas ninguém faz nada.
Fazer mesmo. Não é uma tristeza?


De .Cartel compra opinion-makers e gov.s.. a 9 de Maio de 2012 às 10:48
Um exemplo de uma notícia muito ao gosto do cartel dos combustíveis
(-por Sérgio Lavos, Arrastão)

No Expresso. Fazem-se umas contas aos hipotéticos impostos que o Estado poderia ter cobrado quando António Guterres CONGELOU o PREÇO dos COMBUSTÍVEIS, sem ter em conta a principal variante neste caso: as quebras de consumo caso não tivesse existido esse congelamento. Nem se chega a perceber bem de onde vem o número.
Por outro lado, não se mencionam as VANTAGENS de uma medida desse tipo:
a mais evidente é uma poupança nos custos operacionais das empresas, nada despicienda quando estamos a falar de um período de contracção económica.
Sem falar no aumento do poder de compra do consumidor individual, também importante no estímulo a uma economia que, já naquele tempo, dependia do sector dos serviços para se manter competitiva.
E por fim, fala-se com um representante do CARTEL, certamente dono e senhor de uma opinião completamente "ISENTA" sobre o tema.

Mas enfim, interessa a muita gente que as decisões de Hollande que poderiam ser aplicadas em Portugal não sejam vistas com bons olhos pela opinião pública.
Daqui em diante, aparecerão muitas notícias como esta.

tags: media, ministério da propaganda
--------------------

o mesmo se aplica a outros carteis, monopolistas e quase-monopolistas/oligopolistas e à finança, ... e seus representantes/ deputados capatazes marionetes e paus-mandados ...


Comentar post