De Leis à medida de Corruptos e Advogados.. a 14 de Maio de 2012 às 09:21
Excelente e esclarecedora entrevista do fiscalista-advogado T.C.Guerreiro.
Não vamos lá (ao desenvolvimento) com comissões e mais leis, mas sim com transparência e poucas leis mas claras e simples, com meios de investigação e poderes de actuação dos tribunais.

--------
Moka a 9 de Maio de 2012

Reparem só neste exemplo de hoje:
«O presidente da Câmara de Oeiras foi condenado a dois anos de prisão por fraude fiscal e branqueamento de capitais, mas tem conseguido adiar o cumprimento da pena.

Relação rejeita recursos. Crimes do caso Isaltino não prescreveram (...alguns, mas os mais graves já prescreveram e aos outros pouco falta).

Procuradores não se conformam com o facto de Isaltino não ser detido
Possibilidade de novo recurso salva Isaltino Morais da prisão
Caso Isaltino decidido nos próximos dias
Isaltino Morais não pode ser detido enquanto existirem recursos pendentes
A defesa do presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, decidiu recorrer para o Tribunal Constitucional e evita assim, novamente, a ordem de prisão.»

De que é que serviu ser condenado?
Alguém tem dúvidas que se pudesse candidatar-se, ganhava outra vez?
O povinho gosta é destes srs. gajos, revêm-se neles, gostavam de ser era como eles... «dá cá o meu...»
Acham ainda que vamos lá com «indignações»?


De .Impostores da economia e do direito.. a 14 de Maio de 2012 às 09:48
Onde pára Diogo Leite Campos?
Sabem quem é?

Um homem professor de direito e reputado fiscalista pelos ricos. Andava muito na entourage de Passos Coelho. Tenho a ideia de que terá sido ou é Vice do PSD com Passos Coelho.

Desapareceu de cena. Encontrei no You Tube uma referência interessante sobre Diogo Leite Campos que aqui refiro, não consigo o link: Diogo Leite de Campos explica aos ricos como fugir aos imposto.

Acho uma excelente definição, ainda aplicável a algumas outras personalidades dos nossos ecrãs televisivos, alguns opinions makers que correm a explicar os benefícios das políticas de austeridade.

Em França, em certos meios da sociedade, questiona-se de algum tempo a esta parte, semelhante situação de certos opinions makers. Até saiu um livro muito virado para o papel dos economistas nos ecrãs, les imposteurs de l'économie do jornalista Laurent Mauduit

Não será que Diogo Leite Campos que entrou em fase de penumbra esteja on going para ir ensinar alguma multinacional radicada no País sobre a questão dos impostos em Portugal?

(# posted by Joao Abel de Freitas, PuxaPalavra)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres