De . CS: indigno, hipócrita, ... a 20 de Junho de 2012 às 12:37

Indigno

[imagem de PR/ C.Silva a apontar com com fisga]

(Neste novo Código do Trabalho) [V]árias das suas concretas medidas não cumprem os desígnios constitucionais, infringindo vários dos seus princípios e normas, designadamente, entre outros,
o princípio da dignidade da pessoa humana,
o princípio do direito ao trabalho e à estabilidade no trabalho,
o princípio da conciliação da vida profissional com a vida familiar,
o princípio da liberdade sindical,
o princípio da autonomia coletiva.

Manifesto Por um trabalho digno para todos

Sem surpresa, Cavaco Silva promulgou ontem as alterações ao código de trabalho.
Uma decisão alinhada com a história da economia política e moral do cavaquismo, com as forças sociais que sempre o apoiaram, com a troika e o seu governo, com o tipo de economistas que sempre promoveu e com a habitual hipocrisia à mistura.

Afinal de contas, Cavaco tem andado armado em progressista, dizendo que é contra a estratégia de transferir cada vez mais custos para os trabalhadores, sob a forma de salários cada vez mais baixos e condições de trabalho cada vez mais degradadas.

Ontem ainda disse que espera que o investimento e o emprego recuperem.
O hipócrita pensamento mágico no seu melhor.
Acontece que este código é precisamente um importante acto de uma peça indigna:
despedimentos mais fáceis e baratos,
mais dias de trabalho (não pagos),
horários mais longos e mais baralhados,
contratação colectiva mais frágil
são alguns dos mecanismos pensados para um patronato que assim dispõe de opções cada vez mais medíocres, baseadas no medo e no ajustamento salarial regressivo.

Entretanto, o desemprego, graças à compressão da procura agregada, continuará a aumentar.
Mais de uma década de estagnação e recessão e várias revisões liberais do código de trabalho depois, a taxa de desemprego terá quadruplicado muito em breve.
Para esta gente a política não é uma questão de validade, mas apenas de poder…

(-por João Rodrigues, 19.06.2012)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres