3 comentários:
De .Contra o desGoverno. !!. a 19 de Setembro de 2012 às 10:03

Contra o Governo ou só contra a TSU?

(-por AG , Causa-Nossa, 18/9/2012 )

Matos Correia, um dos "spinners" capazes do PSD, está na SIC-N a vender a tese de que manifestações não foram contra o Governo, só contra a "mal explicada" mudança na TSU, a tal que Passos Coelho agora se diz pronto a modular/modelar...

Sucede que o povo não é parvo:
além da TSU "Robin dos Bosques ao contrário",
este Governo é responsável, mas foge como o diabo da cruz, por prestar contas pela colossal derrapagem no défice e na dívida publica, apesar dos brutais sacrifícios impostos aos portugueses.

Um Governo que é responsável pelo agravar da depressão e pelo disparar do desemprego e que manda os jovens emigrar e a isso também obriga menos jovens.

Um Governo que escandalosamente se demite de se bater pelos interesses nacionais e europeus junto da Troika e de quem nela manda - Itália, Irlanda, Grécia e Espanha reúnem em Roma dia 21, a convite de Monti, mas Portugal brilhará pela ausência !!!

Um Governo incompetente, insensível e desnorteado, que manda às urtigas o consenso social e político que punha a render no exterior.
E que até se dá ao luxo de não se concertar entre parceiros de coligação.

E que "custe o que custar" se obstina em empobrecer os portugueses e afundar Portugal.

Razões não faltam para os portugueses,
com ou sem TSU a transbordar do saco cheio,
se manifestarem a plenos pulmões contra o Governo.


De .Classe média na 'pele' dos Gregos. a 18 de Setembro de 2012 às 16:40

O ''Bom aluno'' morreu

1. Quando o The Washington Post colocou a hipótese de Portugal poder estar perante um «ponto de inflexão»
(capaz de transformar a resignação modorrenta de «uma nação de cinto apertado» numa «explosão de raiva»),
as ruas e as praças ainda não tinham recebido o mar de gente que nelas transbordou.
A hipótese avançada pelo periódico baseava-se apenas nos primeiros impactos, junto da opinião pública, causados pela sequência de episódios que marcou a implosão da maioria PSD/PP;

2. Esta sequência de episódios
(a comunicação do primeiro-ministro ao país; a mensagem suicida do Pedro aos «amigos» do facebook; a conferência de imprensa de Vítor Gaspar; e a entrevista de Passos Coelho à RTP)
concentraram internamente todas as atenções, concedendo particular e justificada relevância à discussão em torno da TSU;

3. De facto, o imperdível (e raro) espectáculo de um governo a imolar-se a si próprio e as convulsões geradas (nos mais insuspeitos quadrantes) pela proposta de alterações à TSU, contribuiriam para dissimular o que seria essencial reter:
o «bom aluno» falhou e falhou de uma forma colossal.
Não porque não tivesse aplicado sobre si mesmo (com todo o zelo e excesso de zelo) a terapia que lhe fora imposta,
mas justamente porque essa terapia é ERRADA e por isso os seus efeitos devastadores se manifestam em maior escala;

4. Num laboratório, quando os resultados - obtidos através de um ratinho que seguiu obedientemente todas as instruções - contradizem uma hipótese, a terapia (e os seus mentores e executores) é posta em causa.
Mas não estamos num laboratório convencional: estamos numa Europa dominada por um pensamento económico obsoleto, criminoso e politicamente irresponsável.
Se o ratinho em que se depositavam todas as esperanças «falhou», o melhor é assobiar para o ar e começar a tratá-lo como se tratam os ratinhos desobedientes.
Para a troika, o bom aluno morreu.
Para os portugueses, a Grécia começa agora a sentir-se melhor na pele.

(-por Nuno Serra , Ladrões de B., 18/9/2012)


De .'polvo' manipula economia e política. a 18 de Setembro de 2012 às 16:31
(-Mauro B. Sampaio):

Que ninguém esqueça . Troika e FMI não são a causa dos problemas em Portugal são Instrumentos Internacionais ,
o principal problema está cá dentro :
políticos , magistrados e banqueiros a trabalhar em conjunto na manipulação da economia .
São criminosos protegidos por políticas do próprio Estado .

Por isso já começaram a dizer que ;
" Telhados de vidros temos todos nós " numa forma encoberta de dizer que somos " farinha do mesmo saco " .
Olhos abertos malta !


Comentar post