De .Dependentes, sabujos e Nepotismo. a 6 de Dezembro de 2012 às 12:44


------------
H.M. :
...
Dois terços dos dirigentes (PCP e outros partidos...) dependem, na sua vida pessoal, do próprio partido, da sua liderança.
Não têm, pois, autonomia pessoal. Ali não há pluralidade de interesses nem diversidade de vidas. 66,6% dos dirigentes têm vidas semelhantes uniformizadas.
...
E o mais preocupante é que a generalidade dos outros partidos lhe seguiu o modelo.
A diferença é que, em vez de funcionários do partido, têm para aí dois terços de BOYS colocados em organismos políticos e administrativos do Estado,
os quais dependem indiretamente do poder que lhes dá o líder.

Querem reformar o país? Pois assim é difícil.
...

( http://expresso.sapo.pt/os-partidos-dos-funcionarios=f770910 )

--------

E sabendo que a composição dos órgãos dos partidos tem uma elevada quota de cargos por inerência ... percebemos a razão para o imobilismo...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres