De M!C - Mudar a Política e a Cidadania. a 4 de Janeiro de 2013 às 09:23
[6] Mudar a política e a cidadania

(- M. A., 2013-01-03 em http://micportugal.org/index.htm?no=20002880 :)

Bom artigo de E.Estanque.

Contributos/ linhas de acção para relançar o MIC (ou ...) e revitalizar a Democracia :

1- MIC poderá ser "a ponte e impulso" se conseguir ligar/aliar esquerdas portuguesas e europeias (incluindo deputados europeus e centrais sindicais) nesta Guerra ... caso contrário será mais um espaço de desabafo inconsequente ...

2- MIC poderá mudar estatutos e apoiar Listas de Candidatos (próprias ou de independentes) às Autarquias e ...

(selecção de extractos de comentários... em posts de «Xa2» no http://luminaria.blogs.sapo.pt/ )

-----Resistir , informar e Lutar
... - e aquela importante denúncia/chamada de atenção (a que parece ninguém ter ligado) de F.Louçã, sobre a primeira linha dos DEPUTADOS na A.R. do arco do poder (PSD-CDS -PS?) serem empregados do BES (pagos pelo banco que mais saca do Estado !!, como podem depois defender os interesses do Povo ?!!, eles foram lá colocados para defender os interesses da Banca e grandes empresas que lhes pagam as contas !!)

- ou ainda de 1/3 dos deputados serem licenciados em Direito (advogados, juristas, ... integrados em grandes/poderosas sociedades a quem são encomendadas a feitura das Leis, os pareceres ... e depois a defesa dos todo-poderosos clientes/empresas, pois sabem quais as alíneas e virgulas ...que introduziram para poderem contornar a Justiça !!) - como podem ser eles representativos/representantes dos interesses do Povo/ eleitores ?!!

----- PS mudo espera ... ser arrasado

Concordo com a análise em «Palavras Mudas»
(do PS, -por R.Namorado em http://ograndezoo.blogspot.pt/ 27/12/2012 ) e que...

'também' "o povo socialista está a começar a chatear-se!"
(aliás, já está atrasado, e a ser demasiado paciente !!
... e tanto que os 'militantes' de base/sem 'tacho' deixaram de aparecer nas reuniões, as secções só têm pó, ninguém paga quotas, ...) .

----- Quem Beneficia e quem Paga.
A BANCA (e seus grandes accionistas, especuladores, administradores pagos principescamente, consultores sabujos, ...) é que «anda a viver à conta dos trabalhadores» por conta de outrém (directamente pelo que saca aos clientes, e indirectamente pelo que saca ao Estado via ParceriasPP, intermediações, pareceres, outsourcings, juros agiotas, ...)
veja:
http://www.youtube.com/embed/58ZT9PeozzU Raquel Varela no Inferno e seu livro «Quem Paga o Estado Social»
Conclusão:
Mas Há sempre saída : tomar as coisas em mãos..., em vez de (se alienar e só) "passar cheques em branco" (a partidos/governantes/...) !!


De Soberania vs Renegoc. ou Suspens.Dívida. a 4 de Janeiro de 2013 às 11:29

...Enfim, quero então assinalar a minha concordância com alguns pontos da entrevista que Lains deu ao DN no Domingo passado.
Comecemos pela economia política da bancarrotocracia:

“o peso do sistema financeiro na economia portuguesa não cresceu por milagre [no último ano], mas por causa das políticas de apoio e proteção à banca, que são necessárias, mas não podem ser exclusivas (...)

A democracia não pode estar a ser condicionada pelo comportamento dos mercados e mesmo Estado pequenos têm capacidade de os pôr na ordem”.

A questão é mesmo a dos instrumentos disponíveis para proteger soberanamente esse bem público que dá pelo nome de crédito e para colocar os mercados na ordem.
Acabemos na política económica:
“Portugal vai-se apresentar, algures em 2013, em Bruxelas a pedir uma reestruturação da dívida.
Essa é a minha previsão, porque nenhuma economia aguenta aquilo que o Governo está a fazer!”.

De facto, o que não pode ser pago, não será mesmo pago.
Duas questões terão de ser respondidas:
quem é que comandará a dita reestruturação e o que daí advirá para o país em termos, por exemplo, de soberania perdida ou reconquistada?

(-por João Rodrigues 3/1/2013, Ladrões de B.)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres