2 comentários:
De Salazarismo, onde? a 18 de Fevereiro de 2013 às 12:10
Em boa verdade vos digo que o salazarentismo está no próprio povo. Um povo que não fosse, culturalmente salazarento já tinha agarrado nas sua próprias mãos as possibilidades que têm em meios, leis e conhecimentos para se auto organizar em comités e equipas concorrentes aos vários níveis das estruturas democráticas a começar por "freguesias de Vizinhos".
Em Outubro próximo realizam-se eleições para as freguesias, o actual governo quer acabar com grande parte delas, vamos ver em quantas os cidadãos confrontam os partidos e o poder politico instalado.


De Cordas partidas a 17 de Fevereiro de 2013 às 22:18
A corda estica mas não parte, diz o Coelho. deve estar a referir-se ao governo porque para muitos portugueses já partiu quando ele destruiu os seus postos de trabalho ou reduziu as suas pensões cujas capitalizações foram roubadas para equilibrar os orçamentos esbanjadores .
Cada povo tem os governos que erscolhe e os políticos que merece.


Comentar post