FMI, BM e OMC

Se um aldrabão mente repetidamente e muita gente nele confia então o defeito não está no mentiroso, o mal reside em todos os que acreditam vezes sem conta nas mentiras tantas vezes repetidas.

De pouco serve chamar de ladrões, de corruptos e de mentirosos aos políticos, FMI (Fundo Monetário Internacional), Banco mundial e OMC (Organização Mundial de Comercio) sem se combater com o mínimo de eficácia a globalização que eles tanto defendem a coberto de tantas mentiras.

 A presente situação só se modificara quando as populações mundiais alterarem os nossos comportamentos passivos e nos passarmos a organizar, em cada país de forma alternativa aos tradicionais partidos políticos.

Estas organizações mundiais FMI, BM e OMC fazem pagar as suas ditas “ajudas” de forma usurária que escandalizaria os prestamistas judeus de todos os tempos. Além dos juros apanham as mais diversas áreas de atividade e entram nos mercados nacionais de forma destruidora. Impondo medidas de verdadeiros saques dos bens imobilizados existentes assenhorando-se de património e populações.

Não adianta enterrar a cabeça por baixo da areia. Estas organizações só têm entrado em países em cujas economias se degradam devidos a erros provocados às respectivas economias por governantes corruptos.

Tanto o FMI como o BM são tão benevolentes com ditaduras de direita quanto implacáveis com governos democráticos de esquerda. A OMC ajuda os grandes grupos dos países ricos em detrimento dos trabalhadores e dos paises pobres. Os exemplos e a sem-vergonhice abundam.



Publicado por Zé Pessoa às 12:51 de 25.02.13 | link do post | comentar |

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO