4 comentários:
De Farto destes m*rdas a 25 de Março de 2013 às 14:17
Se esse gajo estivesse preocupado com a pobreza do país, começava logo por pedir a extinção das forças armadas, que nada produzem e só gastam. Bem … até podiam gastar desde que aquilo que consomem fosse produzido em Portugal, mas não, é quase tudo importado o que só ajuda as economias de outros países. Bem depois, exigia que as forças de segurança fossem eficientes, o que permitiria reduzir substancialmente os gastos com estas, sem diminuir a qualidade do serviço, o que não é difícil, já que o mesmo é bastante deficiente. Exigiria em simultâneo a melhoria do sistema de Justiça e por fim, e ao contrário de todos os demais comentadores e políticos, apresentava um conjunto de medidas objetivas que produzissem riqueza em Portugal, por forma a haver dinheiro para os bens de primeira necessidade que temos de importar.
Mas… sobre isto não conseguiu ser diferente dos demais, ou seja, muito falou, mas não disse nada.
O que me surpreende é que ainda haja gente que lhe dê alguma relevância. Como é influenciável a generalidade da população! Assim, como se podem esperar soluções para a crise? Arrastam-se a eles para o precipício e o pior é que arrastam os outros.
Como o Otelo falhou e como era pouco ambicioso! Que pena.


De [FV] a 25 de Março de 2013 às 16:02
Sim, não ou talvez?
Refiro-me a concordar, discordar do seu comentário ou ainda não sei bem...
Porque estou à espera que outros me*das que de tudo e de todos discordam ou concordam, venham dizer-nos aqui - as tais soluções que o País precisa. Mas por favor: sem demagogias e teorias de cac* impraticáveis. É que de utopias e tretas não exequíveis, já estamos todos fartinhos.
Daí ficar à sua espera, para depois lhe dizer se_ Sim, não ou talvez. Vale?


De Zé T. a 2 de Abril de 2013 às 09:42
Crise, cidadãos, governos, políticos, ... MUDAR ...

1- temos um DESgoverno de BURLÕES em Portugal, na UE e ..., a soldo de BANGSTERS, mafiosos, "mercados/investidores"/especuladores agiotas, e grandes grupos económico-financeiros sem pátria nem sujeitos a qualquer Lei ou poder público (nacional ou internacional), que se 'acoitam' em paraísos fiscais/offshores...- luxuosos covis destes novos piratas e corsários.

2- temos cidadãos DIMINUÍDOS nos seus direitos (e abúlicos, mansos, medrosos, egoístas, iliteratos, estupidificados...) e no dever de participação na política, na democracia e na justiça - que se tornam deficientes e pró-ditatoriais ...

3- não temos CANDIDATOS ou os que existem não são apoiados (por individualismo exarcerbado, por incompetência, por descrédito, por ... sim/não/espera/... !!! )


De . Escolher alvos e Agir ... a 2 de Abril de 2013 às 09:58
- Como desfazer este triplo "nó górdio" ?
- ... ??? ...
. o outro ... pegou na espada e cortou tudo ...

. neste caso, uma ação semelhante, levaria ao caos e à ditadura (se não fosse selvagem ou de oligarcas, mas esclarecida ... creio que teria apoiantes)... mas mesmo para isso é preciso chegar ao desespero de quem já não tem mais nada a perder...

. se conhecerem alguém nesta situação ... demovam-no/a de agredir a família e de se suicidar ... e indiquem-lhe alguns 'alvos' onde poderá fazer acertar ... e com isso ajudar a sair deste impasse de crise cada vez pior.


Comentar post