Querem privatizar a água !!

      Vamos  lá  privatizar  tudo :    agora  é  a  vez  da  água

Estes tipos são capazes de quase tudo?   Não, estes cabrões são capazes de tudo, mesmo, desde que enriqueça alguns. (e prejudicando os 99% !!)

    O leitor pensava que no séc XXI, com populações escolarizadas e especializadas, com tecnologia e meios de informação, com sindicatos e organizações sociais, com Unescos e cartas de direitos humanos, as pessoas estavam mais protegidas, defendidas e conscientes dos seus direitos? Erro seu, a barbárie é a de sempre, apenas munida de armas mais poderosas.

    É apenas uma questão de tecnologia e de arranjarem formas de cobrar: um dia privatizarão o sol e o ar respiramos, com o apoio e directivas de Bruxelas, Washington, Pequim ou quem lhes suceda.

 

 

 Estamos a seguir este processo no tretas.org, vê aqui.  O excerto do Catastroika é muito pertinente .



Publicado por Xa2 às 07:54 de 15.04.13 | link do post | comentar |

5 comentários:
De Desgovernantes marionetas da Troika a 15 de Abril de 2013 às 15:47

Psicopata social, chama-lhe um ex-assessor do Álvaro

«Carlos Vargas, ex-assessor do ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, acusa o ministro das Finanças,
Vítor Gaspar, de ser "um psicopata social e não um ministros das Finanças".
Na sua conta no twitter, o ex-assessor do Governo afirma que "cada dia que passa mostra que Vítor Gaspar é o ministro das Finanças mais arrogante e mais incompetente desde o reinado de D.Maria II".

Em post anteriores, o antigo jornalista da RTP deixava esta pergunta:
"Se trabalhassem numa empresa privada, Gaspar e Borges ainda teriam emprego?".
E sobre sobre António Borges, conselheiro de Passos Coelho para as privatizações e renegociações das PPP, que chegou a defender que "o ideal era que os salários descessem", Carlos vargas escreveu o seguinte.
"O ideal é que o salário de Borges (25 mil euro/mês) descesse, digo eu".

Há ainda outro comentário que gerou polémica nas redes sociais.
"A propósito de concorrência entre bancos, quantos responsáveis do regulador - o Banco de Portugal - não provém da própria banca? Ah, pois é",
escreveu o ex-assessor do governo que deixou o ministério da Economia há dias.» [DN]
-------------

Pergunta:

Não estaria na hora de os nossos ministros deixarem de usar o pin com a bandeira portuguesa na lapela para passarem a usar um com a bandeira alemã?
ou um cifrão/€uro ?!!
----------------

E o Banco de Portugal


Os capatazes locais informaram os patrões da troika que vão transformar o estado num modelo social típico do comunismo, usando médias vão reduzir a média salarial dos funcionários públicos à do sector privado, pouco importando as funções ou categorias, a média salarial do hospital de Santa Maria deve ficar ao nível de uma carpintaria.

Resta saber se o governo vai seguir o modelo das instituições europeias onde os funcionários do BCE têm o estatuto dos restantes funcionários das outras instituições europeias ou se vai continuar a tratar o Banco de Portugal como uma off-shore suíça instalada em Portugal.


De .Bancocracia e Bangsters . a 15 de Abril de 2013 às 16:05
Revista de imprensa (11/4/2013)

•«Verdadeiramente quem manda no país há dez anos são os banqueiros,
apoiados por senadores e comentadores de topo
que andam há muito por aqui e são unha com carne com os banqueiros.

Muitos conhecem-se da vida partidária, porque há cada vez mais banqueiros vindos da política,
o que aumenta a promiscuidade e o poder de influência dos bancos sobre a governação do país. (...)
Para dar espaço de manobra ao Governo de Passos Coelho, os banqueiros lançam apelos para um governo ou pacto nacional com o PS,
bem sabendo que António José Seguro não quer nem tem condições políticas para o fazer.
O objectivo é salvar o governo de Passos. (...)

Foram os banqueiros que asfixiaram o governo de José Sócrates em 2011, deixando de comprar dívida portuguesa,
e estiveram na origem do pedido de resgaste a Portugal e da demissão do líder do PS. (...)

Os bancos têm ganho muitos milhões de euros com a compra de dívida portuguesa.
Financiaram-se junto do BCE a juros baixos, compraram dívida e obtêm rentabilidades muito superiores.
A vida corre-lhes bem.»
(Paulo Gaião)


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO