3 comentários:
De Zé T. a 11 de Junho de 2013 às 15:04
Entre curiosidade, sede de reconhecimento, ... e o deixar-se influenciar/ corromper vai apenas um passinho.

Esperemos que falem mais alto os princípios da defesa do interesse público, do Estado Social / da social Democracia.

quanto à Falta de Transparência destes ultra poderes mundiais (a título individual, 'think tanks'/academias, fundações, lobbies, ou de empresas multinacionais : financeiras, offshores, militares, energéticas, telecoms,, farmacêuticas, alimentares/sementes, ...) não temos ilusões de que as 'falinhas mansas' nada conseguirão.

Só o aumento da participação cívica e política dos cidadãos poderá romper com este 'status' neo-liberal de máxima exploração dos trabalhadores e cidadãos para benefício de 1% de poderosos sem pátria nem lei que limite os seus abusos e rapina de recursos públicos.


De Anónimo a 10 de Junho de 2013 às 11:19
O povo português já o fez, já deitou janela fora traidores e vendidos, mas não era este que agora habitamos o território. Os que ficamos somos demasiado acomodados. Os outros partiram e deram novos rumos aos rumos maus que por cá ficaram.
Quando, em cada partido, na Assembleia da republica nos governos formos capazes de expulsar os sacanas voltaremos a ser um povo honrado e respeitado.
Até lá não passamos de uns lamuriantes tertulianos à procura de um lugarejo num qualquer clube.


De Uma me...da a 10 de Junho de 2013 às 10:02
Já se postou que Seguro, Passos, quase todos os que passaram e os que estão para vir são todos farinha do mesmo saco. Saíram do mesmo povo passam pelos mesmos partidos com idênticos vícios e apropriações.
Depois de ter sabido que aquele temente a Deus que como confessor tinha o Padre Delicias e que agora é representaste especial da ONU para os refugiados, que mais poderemos esperar.
Se vice uma verdadeira alternativa a este governo iria para a rua noite e dia gritar "governo para a rua que esta democracia não é a tua". Pelos visto é e será a dos que se lhe seguirem.
A politica e os políticos são uma me...da porque o povo também o é


Comentar post