6 comentários:
De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 26 de Junho de 2013 às 08:01
O que estará por de trás desta ação vergonhosa da CML do dito socialista Costa?
O que faz uma câmara destruir um projeto comunitário de uma horta urbana para a substituir por um relvado? Interesses obscuros?
Alguém sabe esclarecer? Terá alguma coisa a ver com uma nova unidade hoteleira de luxo que em breve abrirá um pouco mais abaixo deste local?
Serão coincidências? Em breve haverá eleições autárquicas. Espero que os Lisboetas e sobretudo os moradores da Graça e Mouraria não se esqueçam deste «lindo» serviço!
Grande fotografia de Inês «tiananmen» Clematis, coordenadora do projeto.!


De Será que todos têm um preço? a 28 de Junho de 2013 às 19:08
Ouvi dizer que tudo estava encaminhado para que o projecto fosse salvaguardado e integrado no conjunto hortícola que ali vai ser construído pela própria Câmara.
O que terá feito mudar a vereação (Sá Fernandes e António Costa) ?
Também ouvi dizer que não será estranha a compra por parte do grande grupo Pestana do palacete ali ao lado.
Haverá por ali mãozinha corrupta sobre autarcas socialistas?


De Pagante a 25 de Junho de 2013 às 19:23
Entre esta Polícia, que nós pagamos bem caro, e a PIDE, para aqueles que a conheceram, acho que brevemente vamos ter saudade da PIDE.
Como diz o Adão, agora já nem se escondem.
Como quase tudo o que fazem é pago como extraordinário ( o vencimento é só por serem polícias) provavelmente estas saídas aumentam-lhe o ordenado ao fim do mês.
Aposto dobrado contra singelo em como vão ser os primeiros da Função Pública a beneficiarem da excepção ao aumento de horário.


De São todos iguais a 25 de Junho de 2013 às 18:47
É verdade que a tendência natural do ser humano é resistir às mudanças. É, todavia, mais verdade ainda que os políticos são quase todos iguais quando se encontra no exercício do poder e quando estão na oposição.
Na oposição é tudo falinhas mansas e boas vontades. prometem o que podem e o que sabem não poder cumprir. quando ascendem ao exercício do poder mentem descaradamente e usam da força bruta para atingir os seus intentos e nem se acham no dever de dar explicações a quem os elegeu. É assim nas freguesias, nos municípios, na Assembleia da Republica, no governo e na Presidência.
Não são palhaços não, os palhaços agradecem as palmas que recebem nos espectáculos que dão e até nos fazem rir. Estes deveriam fazer-nos revoltar mas, ... o pagode é manso!


De Maria Luisa das Neves Silva a 25 de Junho de 2013 às 18:22
Destruir é fácil,não terá a CML mais que fazer do que acabar com esta horta?
Os movimentos associativos e de criação não podem ter expressão?
Não estaremos numa confusão de atitudes, veja-se o despropósito das medidas policiais, que tal garantir a segurança das populações e ajudar aqueles que precisam na mobilidade pela cidade.

Porque não passear por Lisboa e gastar energias na reconstrução de espaços da cidade. Podem vir ao Campo Grande e trabalhar, na parte Sul, Tem muito para destruir e construir.


De Adão Santos a 25 de Junho de 2013 às 18:21
Estou ENVERGONHADO E REVOLTADO tomaram conta do pais e qual PIDE qual quê? A PIDE para evitar a revolta "trabalhava" às escondidas, agora tal é a confiança na impunidade que não se escondem de ninguem!! TOMA TUGA... TU GOSTAS...


Comentar post