12 comentários:
De Blog e 'opiniães' a 15 de Outubro de 2013 às 10:29
merdices ... já outros as disseram, com razão, sem razão, ... - e não falo sobre a carta lida.

sobre BLOGs (tb aqui o grande Unamuno tem razão...): viajam, leiam, abram a cabeça ao mundo, à diversidade, ... e façam vocês mesmos.

---[ LUMINÁRIA « Espaço plural de opinião política » ]--- (ver tb o tag "Editorial")

- Espaço - é um "blog", um meio audiovisual (mídia) que usa a internet.
- Plural - é colectivo, com vários autores com permissão para postar, e aberto ao comentário livre, sem restrições ab inicio.
- Opinião - é minha, tua, dele, nossa, vossa, deles... que se expressa pela escolha, pela escrita, pela imagem, pelo símbolo, pelo modo, pelo conteúdo, pela essência, ... e pela adesão, repulsa, informação, aviso, pertinência, memória, ... valores, sentimentos, medos, coragens, ... (ou sua falta).
- Política - diz respeito à polis, da freguesia ao país, à Europa e ao mundo, ... aos partidos, movimentos e 'agentes' sociais, aos órgãos de 'soberania' e administração pública, ... com ramos na economia, na administração, no direito, na história, na língua e cultura, na geografia e território, no urbanismo e ambiente, ... e eventuais extensões à religião, à filosofia, ao desporto, ao humor, às artes, ...

criticas ao blog/ bloggers :
- cada um dá o que pode, é voluntário neste colectivo.
- cada um tem as suas medidas, linguagem, gostos, estéticas e pertinências.
- de facto são poucos a postar (2 a 4...?), poucos a comentar e poucos a ler o blog.
- precisa de mais links a outros blogs de referência (até para ser visivel e procurado).
- ...
- deixem os narcisismos (eu e o meu produto é que somos bons, os outros têm 'mau gosto', não são 'criativos', não 'sabem' escrever, são 'repetitivos', 'só' fazem copy paste', ...) e vão em frente, continuem com 'a caravana' ... e PARABÉNS por FAZEREM e por serem diferentes de mim (e não esqueçam:: eu, que até li uma coisita de Unamuno, eu é que sou o maior/melhor !! ah ah ah !!!).

--------- PS:
e já agora, quanto ao nome do blog «Luminária» : pf !!! que candeeirito pretensioso, "falso farol da inteligentsia tuga" ... se ainda fosse "Lanterna Verde" ...
mas não é .


De [FV] a 15 de Outubro de 2013 às 11:31
Vou só responder-lhe ao candeeiro a que chamou de pretensioso:
- É um candeeiro típico de Lisboa antiga. Ainda se encontra nos Bairros do centro da capita, Alfama, Castelo, Baixa, Mouraria, etc...
- Durante muito tempo estes candeeiros até eram verdes... julgo que ainda hoje o são.
- O facto de não o ser no Luminária é porque a foto foi tirada à noite. E passo a explicar-lhe que as cores, sem luz, não existem.
Como diz o povo, de noite «todos os gatos são pardos» ou neste caso, no escuro todos os candeeiros» são pretos...
Mas dizem que gostos não se discutem.... e sabe porquê? Para evitar chamar de «gosto» a determinado tipo de aberrações, tendências e inclinações opinativas. Porque para ter «gosto, bom gosto» é preciso uma coisa chamada de «saber», saber no sentido de cultura e formação específica em estética. E infelizmente há por aí muita falta de «saber» e de «gosto». Porque aquilo a que habitualmente chamam de gosto é à boçalidade e ao piroso (Kitsch). Mas se um dia quiser conversar sobre «gosto» proponho-lhe que leia um livro chamado »As Oscilações do Gosto» de Gillos Dorfles e depois vamos tomar um cafezinho e falar sobre o tema.
-E se quiser também lhe poso explicar o porquê de este blog se chamar de «Luminária»... mas fica para outra ocasião.
Agora até estou de acordo consigo que estaria na altura de fazer um restinga ao cabeçalho deste blog, mas como o amigo sabe quando se trata de um coletivo, tudo é muito mais difícil, porque cada cabeça sua sentença. E mais importante que o cabeçalho é o conteúdo. E aí sim, todos devíamos fazer um esforço qualitativo em vez de quantitativo. Não só os blogers mas também os comentadores.


De Luminária a 17 de Outubro de 2013 às 18:10
------ sobre o candeeiro ( ...?! nome, título, «Luminária»!!!) ,
FV não percebeu a IRONIA
e a afirmação de que NÃO É OUTRA COISA
(outro blog, outro nome/título, outa vontade, ...- é o que é .)
existente no final do comentário :

«« e já agora, quanto ao nome do blog «Luminária» : pf !!! que candeeirito pretensioso, "falso farol da inteligentsia tuga" ... se ainda fosse "Lanterna Verde" ...
mas não é . »»

------ e, já agora, quanto ao «gosto» sempre subjectivo e ... concordo com FV e até gosto do candeeiro e restante imagem (muito bem conseguida, parabéns ao autor);

------ e, segundo o que ouvi, o nome tem a ver com: a residência dos autores iniciais (freguesia do LUMIAR ) e com a associação a : iluminar/ luz/ ideias/ Pensar/... .

------ e, finalmente, no dicionário :

lu·mi·ná·ri·a
substantivo feminino

1. Lamparina, lanterna usada sobretudo em iluminações públicas de festa.
2. Candeia.
3. [Figurado] Astro.
4. [Por extensão] Tudo o que alumia.
5. [Figurado] Pessoa de grande ilustração e competência.

luminárias
substantivo feminino plural

6. Iluminação pública, em sinal de festa.

pateta das luminárias
• [Popular] Basbaque; palerma.


"luminária", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/lumin%C3%A1ria [consultado em 17-10-2013].



De [FV] a 17 de Outubro de 2013 às 18:23
As minhas desculpas... mas o meu sentido de humor tem dias em que anda muito por baixo.


De Há sempre unsTretas do costume a 13 de Outubro de 2013 às 15:54
Então nunca chegou a casa ou trabalho e partilhou uma conversa que ouviu, e achou importante ou interessante, com os seus familiares, colegas ou amigos?
E estes acharam o quê de si?
Um tolinho que ´não tem pensamento próprio e só sabe partilhar as conversas ou situações de outros?
Ora tenha mas é tento nessa cabecinha... e não faça um drama onde não existe.
E se acha que a postagem é fraca e pouco original tem bom remédio: Faça você mesmo uns comentários com conteúdo original e próprio. è que um blog vale tanto pelo que se lá põe como pelo que se lá comenta.
Já que os autores são fracos não significa que os leitores também o sejam.
Faça a sua parte e comente como deve ser, porque eu já aqui vi colocarem em postagem comentários que pela sua originalidade, qualidade ou interesse mereceram esse destaque.


De Tudo igual ou, pelo menos, parecido a 13 de Outubro de 2013 às 16:54
O problema é esse mesmo. O critico tem razão apesar de não apresentar, também ele, qualquer proposta valida. A pobreza é dos postantes e dos comentadores. Este país, de alguns anos para cá, vem-se tornando numa confrangedora pobreza, tanto económica como cultural. São poucas, mesmo raras, as excepções.


De Parasitas a 13 de Outubro de 2013 às 14:17
Este blog é bem a imagem do país. Só vive à custa da produção alheia, nada produz de iniciativa própria. Alguns artigos que pareciam ser originais desapareceram. O que terá acontecido?


De [FV] a 13 de Outubro de 2013 às 15:44
Até posso concordar parcialmente consigo em relação ao blog Luminária.
Mas não neste post. Este não é u simples «copy past».
Este é uma memória. Porque, por vezes, deve-se olhar para o passado para se entender o presente e até antever o amanhã.
Porque se a História não valesse para nada,não era uma cadeira de ensino e de aprendizagem.
Agora em relação à maioria do que aqui é postado, sim até concordo. Até pelo exagero das transcrições quer em quantidade quer no tamnho da transcrição. E até vou-lhe dizer uma coisa ao ouvido:
- Existe aqui no Luminária quem coloque não só os post de outros como também coloque de imediato os comentários que os originais tiveram... Mau, não é?
Também ando descontente com o País e com o Luminária.


De Izanagi a 13 de Outubro de 2013 às 19:25
Estou de acordo com o FV escreveu a um comentário, mas não pela qualidade dos comentários que muitas vezes vão colados ao post, mas porque o excesso de informação, tal como a sua ausência, acaba por ser prejudicial.
Mas e só por isso. È que apesar da falta de originalidade, não deixa o Luminária de ser um dos mais interessantes Blog nacionais no que respeita a decisões políticas que interferem com a qualidade de vida dos portugueses. Não é desmérito para ninguém, antes pelo contrário, reconhecer e publicitar alguém que disse de forma mais eficaz, aquilo que queríamos dizer,
É que hoje, num mundo repleto de informação, é tão ou mais importante como escrever post inovadores, fazer uma correta filtragem da informação disponível.
Eu sei que há muitos sectários que leem o Luminária, que devido ao seu fundamentalismo, detestam o Blog.
Paciência.


De Branqueamentos!? a 14 de Outubro de 2013 às 17:43
São os sectários do costume que passaram as sua vidas a fazer merda (veja-se a abundância que para aí vai) e que agora todos temos de pagar com a língua de palmo e meio.
Mas como o povo português continua a ser estúpido e comodista quando pagar estas favas de agora há-de enterrar noutras iguais porque não toma mesmo juízo. Blogs como o Luminária são muito repetitivos e branqueiam as responsabilidades sacudindo elas todas para os políticos. Então o povo que os elege não tem culpas nenhumas?


De [FV] a 15 de Outubro de 2013 às 10:55
Eu não entendo o seu comentário:
"O Luminária «branqueia» as responsabilidades para os políticos"
- O que quer isto dizer?????
Então se a culpa não é dos políticos é de quem? Do Luminária'
Não, parece que a culpa é de quem os elege... para este nosso comentador, a culpa é do povo que vota!
Portanto ficámos todos esclarecidos:
- Para este nosso amigo não devemos votar. Ou ainda não percebeu que os eleitores votam em programas e promessas anunciadas nas campanhas e que os políticos depois de eleitos, não cumprem o que prometeram como habitualmente até fazem precisamente o contrário... E vale tanto para o PSD como para o PS como para o pendura do CDS.
E não me venham com os outros partidos da Assembleia, porque esses não querem ser governo nacional. Quanto muito querem umas Câmaras e uma Juntas de Freguesia e normalmente comportam-se da mesma forma inoperante e incumpridora e até de lobbies e boys como os outros partidos anteriormente referidos.
Logo concluo este este nosso amigo comentador acha que era bom uma ditadura imposta que nos desresponsabilizasse, enquanto povo, das culpas da governação.
- Ora ele há cada um que escreve dislates no Luminária... oh homem, vá para ao pé dum espelho, enxergue-se!


De Pluralismo e criatividade, pois claro! a 14 de Outubro de 2013 às 17:57
É como diz, o blog até começou com um boa dinâmica. Devo dizer que o acompanho quase de inicio. Mas alguns meses mais tarde começou a definhar no "pluralismo de opinião" e acima de tudo na criatividade. Não há uma linha condutora redactorial mínima? Cada um dos seus responsáveis escreve/copia (escrever parece que também foi terreno que se tornou estéril) e publica conforme lhe der na gana sem se cuidarem de eventuais atropelos uns dos outros?
É pena porque, em certa medida, estou de acordo com todos os comentadores.
Pluralismo e criatividade é essencial para que um qualquer blog tenha aceitabilidade.


Comentar post