De Aumentam os Pobres/ não-cidadãos. a 21 de Outubro de 2013 às 14:39
A escalada das provocações
(2013/10/20, por Tiago Mota Saraiva, Dias)

Desta vez Paulo Portas tem razão. Ontem os mais pobres não se manifestaram.

A teia que está montada transforma os mais pobres em homens, mulheres e crianças sem direitos, dependentes da caridade.

Muitos não terão sabido da manifestação, muitos terão ficado nas zonas em que há distribuição de comida. **
Muitos a viver fora de Lisboa ou do Porto não terão tido dinheiro para se deslocarem,
a maioria dos mais pobres já não se considera cidadão de plenos direitos.

Nas manifestações das Ferreira Vasconcelos que hão-de vir, também não se verá qualquer pobre, a menos que os vão buscar em autocarros aos abrigos e àquelas instituições de caridade às quais o governo paga refeições de marisco que chegam aos pratos transformadas em arroz e feijão.

Hoje, mais do que nunca, importa construir grandes manifestações no próximo dia 26.
A convocatória já foi subscrita por mais de 800 pessoas.
Neste momento já há convocatórias para 11 cidades:

Aveiro
Braga
Coimbra
Faro
Funchal
Horta, Faial
Lisboa
Portimão
Porto
Setúbal
Viana do Castelo
Vila Real
Viseu

Adere e divulga. Temos seis dias para romper o bloqueio da informação.
--------------
** - na net correm 2 impressionantes imagens das longas filas para a SOPA dos POBRES
- em 1945 (a Guerra provocada pela Alemanha de Hitler) , e
- em 2013 no Porto, Largo A.Perdição/ Cordoaria, (agora causada pela Guerra provocada pela Banca, União Europeia, FMI, Governos Portugueses!)

Ficará por aqui? Que vamos fazer ?
Calar e consentir ou dizer Basta e Lutar ?!!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres