Desgoverno neoliberal e ... ao serviço de bonecreiros azedos

         Garoupa no Pingo Doce

    Quem viu ontem Soares dos Santos a confraternizar com Judite de Sousa e Medina Carreira terá ficado com uma ideia bastante aproximada da função que está reservada à Fundação Pingo Doce no projecto extremista de virar o país do avesso. Sem perder tempo a analisar as declarações de Soares dos Santos, que balançam entre o atrevimento despudorado (trabalhar sete dias por semana, acabando com os fins-de-semana) e a ignorância (como quando afirmou que gostaria de ver o Tribunal Constitucional transformado numa espécie de Auditoria Jurídica de um qualquer ministério), retive, nos momentos finais do programa, o anúncio de que iria colocar na prateleira António Barreto para entregar a presidência da fundação a Nuno Garoupa.      Quem é este Garoupa, apresentado como alguém que veio de uma universidade americana (neoliberal do Illinois)? Basta ler um só artigo dos que publicou no Jornal de Negócios para poder ficar a conhecê-lo. Está lá tudo condensado.
     Tal como os extremistas que sustentam que o “socialismo real” falhou porque não se adoptou tão escrupulosamente a teoria do socialismo científico como se deveria ter feito, o Garoupa do Pingo Doce entende que os “três governos da direita (Durão, Santana e Passos)” falharam porque “não há qualquer programa de reformas consistentes, nem qualquer visão ideológica neoliberal consistente”.
    O extremista Garoupa do Pingo Doce não poupa ninguém à direita, nem Vítor Gaspar, esse “moderado” que teve o desplante de se ter transformado, em Fevereiro deste ano, no cavalo de Tróia do PS no Governo: “A direita portuguesa duas vezes falhou completamente a reforma do Estado. ... O anúncio do ministro das Finanças na semana passada de pedir mais tempo à troika e aderir ao discurso político do PS confirma a completa derrota do actual Governo que evidentemente já vinha a sentir-se à [sic] muito tempo.”
    Não parece ousado concluir que o Garoupa do Pingo Doce, escolhido por Soares dos Santos, tem uma missão concreta a desempenhar na fundação: inventar argumentos para justificar o desmantelamento do “Estado social (que fundamentalmente corporativizou e paralisou a economia portuguesa)”-diz/em ele/s.
---------- ignatz...

tenho cá um palpite que o gajo se vai candidatar a presidente e que a fundação já começou a funcionar como sede de candidatura. deem uma olhada na lista de avençados da coisa e imaginem a próxima casa civil de belém.

--- não vejo diferença nenhuma entre o SS do PD e o javardo do Continente e seus apaniguados, o Ulrico e outros bardamerdas que diariamente utilizam os canais de tvs para nos dar lições de moral, qualquer dia temos tempo de antena do ..., diretamente da quinta da Marinha ou da Coelha...

--------

           Da escassez de neurónios no mercado liberalizado

    Os leitores que me acompanham há mais tempo sabem que nunca fui à bola com o ex-PM e aqui lhe teci duras críticas.
    Apesar disso, a entrevista ao "Expresso" é uma lufada de ar fresco. Não só por ter posto nomes aos bandalhos que nos governaram (Relvas e Santana), ou ter  lembrado as pulhices de Cavaco - mentor do chumbo do PEC IV e do golpe de Estado constitucional que desde então vem promovendo-  e do colaboracionista Coelho, mas principalmente porque naquela entrevista se pode fazer uma comparação entre o ex e o actual PM.

     Sócrates é culto,  tem conteúdo político e intelectual. Fundamenta o seu discurso de uma forma rectilínea.    Passos Coelho é o exemplo acabado do nihilismo dos "tipos que nunca fizeram um corno" ( Carlos Silva, líder da UGT, sábado ao Expresso). ...O homem não tem  consistência (nem competência) para defender o seu processo revolucionário. É uma marioneta dos interesses instalados, de quem espera receber o respectivo tributo. É um idiota investido no assalto ao pote, como chefe de uma cáfila comandada pelo Okupa de Belém. ... Apenas a noção de que é preciso ser servil para alcançar os objectivos que o animam. ... Cavaco, Coelho, Portas et alii foram fabricados num formato que só conhece: a traição, o ódio e vingança. Precisamos, urgentemente, de mudar de forma!   ...
------Meninos prodígio : Um dia destes, o Moedas contrata o filho da Cristas   O Gab. do Sec. de Estado Adj. do P.M. contratou dois jovens de 21 e 22 anos para acompanhar a execução de medidas do memorando de entendimento com a troika. A informação consta de um despacho publicado no Diário da República e tem sido alvo de críticas nas redes sociais.

 ---- O Diário de Notícias faz as contas ao que no próximo ano o Governo prevê gastar com o seu staff, entenda-se salários, aquisição de bens e serviços, deslocações, etc. No total, o Governo prevê uma despesa de 36,7 milhões de euros, ou seja, um aumento de 10% fase a este ano. À cabeça surge, desde logo, a Presidência do Conselho de Ministros, que inclui os gabinetes de Passos e Portas, que prevê gastar 9,4 milhões de euros.



Publicado por Xa2 às 07:44 de 23.10.13 | link do post | comentar |

4 comentários:
De .Fundações: demasiado, opacas, subsid... a 20 de Abril de 2015 às 12:46
Se bem me lembro...

Em 2009, ou 2010, fiz um trabalho de investigação sobre as FUNDAÇÕES para uma revista, que iniciei com uma frase de Rui Vilar - presidente do Centro Português das Fundações:

" Há Fundações a mais e transparência a menos".

Era uma verdade incontornável. Durante os três últimos anos do governo Sócrates foi criada uma Fundação em cada 12 dias - a maioria delas privadas- cujos objectivos eram, em muitos casos, pouco transparentes.

O grupo de incompetentes que assaltou o pote com o beneplácito dos tugas e a benção do homem de Boliqueime pensou, na sua saga reformadora e purificadora, que era uma ideia boa e popular fazer um estudo sobre as Fundações
e atribuir-lhes um ranking, para se definir as que mereciam continuar a receber subsídios e as que deviam ser extintas.
A tarefa foi atribuída ao gabinete de Relvas e a ideia, claro, era poupar dinheiro ao Estado e eliminar boa parte delas.

Muitos estarão lembrados da bagunçada que foi esse trabalho feito por analfabetos contratados a recibo verde.
Fundações como a de Paula Rego, ou a Fundação Gulbenkian, foram extintas ou ficaram classificadas muito abaixo de uma fundação esconsa de Alberto João Jardim.

Não sei se o estudo foi para o lixo com a saída do Relvas, mas nunca mais se ouviu falar dele. Como por milagre, as fundações também saíram de cena.
A mensagem entretanto passada para a comunicação social, era de que o governo estava a poupar milhões com as fundações, se tinha acabado com o regabofe da atribuição de subsídios a fundações.
E o tuga, claro, acreditou.

Esta semana, porém, o Publico noticiou que não é bem assim.
Uma auditoria * realizada pela IGF concluiu que nos últimos anos foram atribuídos às Fundações pelo menos 227 milhões de euros,
sendo que 142,8 milhões foram atribuídos de forma irregular por carecerem de autorização, ou porque as beneficiárias não cumpriam os requisitos necessários exigidos por lei.
Acresce ainda, que algumas dessas entidades estavam em processo de extinção.

Ora aqui está mais um belo exemplo da eficácia deste governo na higienização da sociedade portuguesa.
Ou se preferirem, da transparência dos seus actos.

(-Carlos Barbosa de Oliveira,17/4/ 2015 http://cronicasdorochedo.blogspot.pt/ )
* http://www.noticiasaominuto.com/economia/375584/dados-142-milhoes-a-fundacoes-de-forma-irregular?utm_source=vision&utm_medium=email&utm_campaign=daily
------------

AS FUNDAÇÕES & A TROIKA

Alguém sabe quantas Fundações existem em Portugal?

Alguém sabe quais as verbas que no Orçamento de Estado cabem a essas Fundações?
Se consultarmos o OE para 2011 apenas refere que vão ser reduzidas as verbas para Fundações em 15%. Mas alguém sabe quanto é menos 15% da verba?

O que diz o acordo assinado com a «troika» a esse respeito?

O DN referia que 250 milhões transferidos tinham sido para 31 fundações e que dessa verba 90% tinham ido para apenas 3 delas.

Será que os 50% Subsídio de Natal e afins são para financiar que Fundação? Para a Fundação AMI? Ou para a Fundação Mário Soares? Para quais?

Já não falando em transparência mas apenas em nome dos sacrifícios que se exigem e que dizem estar a ser repartidos por «todos» os portugueses, alguém me responde a estas questões? Alguém me informa em que Fundação vão «enterrar» o nosso dinheiro?

MARCADORES: fundações, lobbies, políticas e sociedade, transparência, troika
(-por [FV] ,05.07.11 )
---------


De Fundações:Benefic, 0ffshores, fisco, ... a 20 de Abril de 2015 às 12:50
Beneficência, Fundações, 'off-shores' e Fugas ao Fisco

Popotas e Leopoldinas

Circulam na internet campanhas contra as campanhas da Popota (Modelo) e Leopoldina (Continente), duas personagens usadas pelas duas grandes redes de distribuição na disputa do mercado da caridade natalícia a que se associam alguns órgãos de comunicação social, designadamente televisões.
É evidente que Belmiro está muito pouco preocupado com as vendas do disco da Leopoldina. Cada cliente que consiga atrair - através das crianças que são alvo da campanha de marketing - a uma das suas lojas nesta quadra, deixará nas caixas registadoras muito mais do que os trocos que serão entregues a título de caridade a um qualquer hospital.

Estamos perante campanhas pouco transparentes, nem sequer se sabe em nome de quem o dinheiro vai ser entregue: se a título de doação dos clientes das lojas do Modelo/Continente ou se a título de mecenato por parte destas duas grandes redes de distribuição com os consequentes benefícios fiscais. Os sites das empresas nada dizem quanto a este ponto.

A verdade é que este país está cheio de Popotas e Leopoldinas, responsáveis pelo desvio de muitos milhões de euros de receitas fiscais através do recurso aos truques da caridade, do mecenato e, pior ainda, da infinidade de Fundações que se multiplicam como cogumelos.

O que se passa com as Fundações roça mesmo a pouca vergonha, não há ninguém que ganhe muito dinheiro e que não escape aos impostos recorrendo a operações em off-shores e que não crie uma fundação.
Poderíamos mesmo designar as off-shores como as Popotas e as Fundações como as Leopoldinas.

Quando um conhecido escritório de advogados cria uma fundação em nome da qual coloca o património imobiliário para depois os arrendamentos darem lugar a benefícios fiscais porque são tratados como doações à fundação ficamos a perceber a dimensão da ''beneficência'' que por aí vai.

O Jumento, 20.12.2010

MARCADORES: beneficência, caridade, economia, fisco, fundações, offshores
(- por Xa2, 23.12.2010, Luminaria )


De ... a 20 de Abril de 2015 às 12:55
------De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 23/12/2010

Um post muito, mas mesmo muito interessante e para ler e reler com atenção.
Aproveito para acrescentar a esta «listagem» as ONG que são Organizações Não Governamentais, mas vivem à custa dos subsídios dos Governos...

E já agora os votos de uma Festas sãs, no espírito e no consumo, para todos nós, postantes e comentadores do Luminária, incliuindo aqueles que me consideram «do piorio» que por aqui passou. E que o próximo Ano não seja abaixo das perspectivas que criámos ou que o nosso (des)governo nos anda a dizer. Tudo de bom, para todos!

------ De hipocrisias e sem vergonhices, 23 /12/2010

Embora venha fazendo, junto de alguns amigos, e já tenha escrito algo sobre a matéria, nomeadamente a propósito da elaboração do "programa de campanha" do actual presidente da Câmara de Lisboa, (será que valeu a pena?), a verdade é que só ao de leve (como neve a cair) aprofundei em debate escrito esta problemático
Em síntese , gostava de ter escritos isto, este post . muitos parabéns a que o escreveu.
haja debate, da fome da miséria da hipocrisia e dos hipócritas que para lavarem consciências (as suas e seus comparsas ) se servem dos restos de comida, como se isso algum dia chegasse ao âmago da/s questão/ões .
-----De militante, 2/1/2011

- a 22.12.2010:

Partilho desses votos...
mas não acredito que as nossas animálias mudem ... é como aquela do escorpião: está na sua natureza.

Sublinho as palavras incluídas no post «O FLAGELO NEOLIBERAL »:
«...
políticos enfeudados ao grande poder económico e financeiro, que empobrecem milhões ...

é constante a lavagem ao cérebro...
sempre os mesmos...

entregues aos latifundiários da comunicação social...
as exigências da oligarquia económica e financeira...
os guardiões da Ortodoxia Neoliberal em Portugal...

Vamos BRINCAR à caridade? (e às políticas e partidos)

Ou VAMOS LUTAR contra as causas da pobreza?
(e contra os autores e representantes da desigualdade aberrante, da injustiça, da corrupção, do nepotismo, do roubo/extorsão, da fraude, burla e mentira generalizadas ...)
...»


De Ponte Europa a 23 de Outubro de 2013 às 12:16
:

---- A indústria da santidade ao serviço do fascismo
( http://ponteeuropa.blogspot.pt/ 17/10/2013, C.Esperança) sobre o Franquismo e guerra civil em Espanha, a igreja, os crimes, ...

---- PIDE criada em 22/10/1945 (simbolo e ...)
( http://2.bp.blogspot.com/-w9cZgkBIbX8/UmawE2TzKpI/AAAAAAAASMc/fooeWgNkq5c/s1600/pide.jpg )


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO