De .Os Cidadãos LEVANTAM-se ? ou ... a 22 de Novembro de 2013 às 12:02
Em Bruxelas já se calavam, não?
por Daniel Oliveira
... ...
...
Ontem, assistimos a um sinal significativo da situação nacional, com a polícia a romper um cordão da própria política. ...
. Também ontem, a Aula Magna esteve à pinha, juntando patriotas de todas as esquerdas e de várias direitas, para defender a Constituição.
Onde a melhor intervenção que ouvi, e sou insuspeito de simpatia, foi a de Pacheco Pereira.
Duma ou doutra forma, há um país que se levanta.



De EncontroCívicoEscape dTensões e Alerta a 22 de Novembro de 2013 às 13:43
...objectivo de debater o estado do País e sem rótulos partidários – o «encontro cívico e patriótico» é “uma válvula de escape para os cidadãos se pronunciarem, porque as tensões estão a agravar-se e a ruptura na sociedade pode ocorrer”,

Depois de um 'Encontro de Esquerdas', Mário Soares quis ir mais além e organizar uma iniciativa aberta a todos.
Em declarações à Antena 1, Vítor Ramalho sublinha que “vão estar presentes pessoas que não têm nada a ver com as esquerdas”.

Os cortes dos salários e das pensões “com impunidade e alguma leviandade” são duas das críticas que o dirigente faz ao Governo, sublinhando o “sentimento generalizado do povo português de incerteza quanto ao futuro". Ramalho advertiu ainda para o risco que a economia social corre.

O socialista destacou também o facto de se tratar de uma “manifestação patriótica”, o que explica a adesão de muitos militares, e desvalorizou as ausências do secretário-geral do PS, António José Seguro, e do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, até porque ambos apoiam a iniciativa e vão estar presentes membros destacados dos dois partidos.


De via DITADURA neo-liberal a 22 de Novembro de 2013 às 13:54
"Estamos a caminho de uma nova ditadura", diz Mário Soares
O ex-Presidente da República Mário Soares considerou hoje que Portugal está a caminho de uma nova ditadura, dando como exemplo o que se está a passar esta noite com agentes de forças policiais em frente ao parlamento.

Mário Soares fez esta afirmação logo na abertura da sua intervenção na conferência "Em defesa da Constituição, da Democracia e do Estado social", em que também acusou o Presidente da República, Cavaco Silva, de ter uma "conduta inaceitável", ao não respeitar a Lei Fundamental.

"Estamos a caminho de uma nova ditadura. Foi o que se passou com os reitores das universidades e dos politécnicos. A violência está à porta. É o que se está a passar esta noite com as polícias", declarou o ex-chefe de Estado.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres