De DesEstado e DesGoverno intencional a 14 de Janeiro de 2014 às 09:34

Uma estratégia bem premeditada : REDUZIR o ESTADO ao MÍNIMO


[ Este Governo odeia tudo o que cheire a Estado
( e a Democracia, desenvolvimento, transparência, justiça, emprego e estabilidade, ascensão social, classe média, ... - educação, saúde e bem-estar para a maioria da população) ]


Nicolau Santos levanta neste seu artigo do Expresso aquilo que é a estratégia principal deste governo ao serviço do grande capital internacional.

Avançando/propagandeando que o que está a fazer é equilibrar as contas do país e lançar as bases para o crescimento de Portugal, este governo mente, não é capaz de assumir que o que pretende/deseja é um país onde os ricos tenham o poder absoluto e a democracia seja apenas um simulacro.

O CDS já deu o mote ao defender que o ensino obrigatório até ao 12.º ano tem de recuar porque ofende "a liberdade de cada pessoa querer aprender" e avança mais, ao dizer, aqui reside uma das razões para a elevada taxa de desemprego. Para ler o artigo clique sobre o texto.
Etiquetas: Estado, Governo, redução


# posted by Joao Abel de Freitas, PuxaPalavra


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres