Um partido adiado

O adiamento da apresentação do programa eleitoral do PSD para Setembro confirma as piores suspeitas: o PSD continua a ser um partido adiado. Para os eleitores, a dois meses das eleições, isso só quer dizer uma coisa: é mais fácil um garimpeiro descobrir uma pepita de ouro num rio português do que um eleitor descortinar uma ideia sólida do PSD. A política é sobre o momento: este, ou se usa ou se perde. E o PSD está a perder o momento para se afirmar, com ideias concretas, como alternativa a um PS habituado a bailar à volta de Sócrates e que não sabe dançar quando ele está confuso. Um político sensato usa a retórica para impor a sua narrativa dos acontecimentos e poder marginalizar os opositores. Isso permite duas coisas: impor as suas ideias e ganhar as eleições. É isso que o PSD não tem feito. John F. Kennedy não disse que um dia os americanos iriam à Lua. Disse: até ao final da década vamos à Lua. Foram. O PSD, até agora, tem dito muitas coisas, a maioria completamente contraditória. Diz por exemplo: o investimento público não deve ser desviado para grandes obras, mas sim para as PME. Mas quando penso no célebre PEC, que asfixiou as PME em termos de liquidez, até temo. Se quer ganhar as eleições, o PSD deve, quanto antes, mostrar as suas ideias concretas para Portugal. E dizer que País quer. É nos momentos de crise que se podem semear os sonhos do futuro. Mas, até agora, o PSD ainda não apagou a imagem de gestor fuinhas sem sonhos para partilhar. [Jornal de Negócios, Fernando Sobral]


MARCADORES:

Publicado por JL às 00:19 de 23.07.09 | link do post | comentar |

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO