De Gr. GATUNOS deste País e Povo. a 3 de Janeiro de 2016 às 16:48
Eles comem tudo e não deixam nada!! VAMPIROS !!

Depois dizem que não há dinheiro...


A democracia, restituída ao povo português em 25 de Abril de 1974 por iniciativa dos militares,
foi desvirtuada por Cavaco Silva, no primeiro governo da AD, liderando por Sá Carneiro, (1979/1983) que deixou o país na bancarrota e posteriormente, nos governos de Cavaco Silva, de 1985/1995.

Este palhaço, a partir de 01 de Janeiro de 1986, com os milhões que chegavam da então C.E.E. fartou-se de dar benesses aos seus correligionários, que colcou nos sectores chave da alta finança e economia, manipulando como quiz, a comunicação social, que sempre utilizou ao serviço do seu partido.
Aos portugueses em geral, sem o cartão laranja, enganava-os com o folclore político habitual, dando-lhe uns rebuçados, enquanto que para essa quadrilha de gatunos, que ele criou, foi um fartar vilanagem!...

O Banco BPN, cujo fim triste está bem presente, sem que entretanto tenham ainda sido julgados e condenados os responsáveis,
entre os quais está Cavaco, é bem um paradigma do que foram os seus governos e do rasto de miséria e desigualdades sociais que deixaram!

Como presidente da República, foi como o demostrou ser, claramente um presidente do PPD/PSD,
prejudicando claramente a classe média, os reformados e pensionistas e os mais pobres!!!

Como é que o povo português, empobrecido pelos sucessivos governos da direita/extrema direita, do PPD/PSD e CDS/PP,
não compreendeu ainda que estas partidos apenas o têm empobrecido e roubado!?!?!?

Acumulação de empregos iguais para todos, quer no exercício de funções políticas ou não.

Reformas, sim, nas mesmas condições para todos, no exercício de funções políticas ou não, aos 67 anos de idade e depois de 40 anos de descontos.

É tempo de julgar e condenar os gatunos deste país ou de alterar o "sistema" político, nem que para isso seja preciso fazer outra revolução!!!

E, se atenderem à História de Portugal, reparem que a direita portuguesa da linha miguelista (como a actual) tem por hábito criar deuses:
foi assim com Salazar após o Movimento de 28 de Maio de 1926, que o eternizou no poder durante 48 longos anos, com o Sá Carneiro em 1979/80 (data da sua morte) e, por fim, de 1985 até ao presente, em declinio,
depois de os portugueses começarem a compreender quem é essa figura sinistra do "economista neoliberal iluminado", envolvido até à ponta dos cabelos, num sem número de patifarias.

Mas atenção, que a direita está a preparar-se para encontrar um Cavaco II, aproveitando outro "humilde servo de Salazar",
Marcelo R. Sousa, como ele próprio se considerou ao dito, e o facto de ele ser o mais conhecido de todos os candidatos,
já que está há 40 anos nas televisões a fazer propaganda semanal do PPD/PSD...

É outro presidente daquele partido, derrotado, ou um presidente de todos os portugueses, alheio a partidos, sério e honesto, imparcial e justo, para todos os portugueses?

Pensem bem nisto, antes de votarem nas próximas eleições para a Presidência da República e esqueçam a propaganda das televisões e jornais, orgãos do poder económico e financeiro, ao serviço da direita portuguesa, porque essa só serve para enganar o povo.
Cavaco chegou a presidente da República, porque os portugueses em vez de pensarem pela sua cabeça votaram nele e hoje estão arrependidos!!!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres