Crimes contra o Ambiente, diversidade, Povos e Humanidade

Crimes Contra a Humanidade versus Povos Sacrificados...

"Que esta imagem passe por todo o mundo:
  O Chefe da Tribo "Kaya po" recebeu a pior notícia de sua vida:  Dilma, a presidente do Brasil, deu sua aprovação para a construção de uma grande central hidroeléctrica (a terceira maior do mundo).

    A albufeira da barragem vai inundar cerca de 400 000 hectares de floresta ( 4 000 Km2 !!).   É a sentença de morte para todos os povos que vivem perto do rio.
    Mais de 40 mil índios terão que encontrar novos lugares para viver.
    A destruição do habitat natural e o desaparecimento de várias espécies são factos reais!

   Este é o preço que estamos dispostos a pagar para garantir a nossa "qualidade de vida" do nosso estilo de vida chamado "moderno"!?!
   Não há mais espaço no nosso mundo para aqueles que vivem de forma diferente, onde tudo é nivelado, onde todos em nome da globalização perdem a sua identidade, a sua forma de vida!!!

    Por favor, se ficou indignado, partilhe a mensagem...
       Obrigado pela vida e biodiversidade."
(via R.Menezes, M.F. Fitas e muitos mais amigos solidários no FB)


Publicado por Xa2 às 10:52 de 16.05.14 | link do post | comentar |

1 comentário:
De Desgoverno neoliberal a 16 de Maio de 2014 às 12:46
discursos 'redondos, promessas impossíveis, programa sem medidas concretas, ... inverdades, mentiras, falsidades, propaganda, ... manipulação de estatísticas, enviesamentos, "consultorias e estudos" encomendados,... falta de transparência, burlas, corrupção, ... alienação, 'fait-divers', «pão-e-circo», futebol-concursos- espectáculos-telenovelas-... ... desgoverno neoliberal, oligarquias e nepotismo.

--- É assim que a coisa funciona
(-por josé simões,16/5/2014, http://derterrorist.blogs.sapo.pt/ )

[ 1 + 1 = 11 ]

Primeiro vem um ministro esclarecer, desvalorizando a "inverdade" com uma mentira.
Quase sempre o ministro câmara de eco, Luís Marques Guedes, quando as notícias são péssimas,
sempre o vice-primeiro-ministro botões de punho-pepsodent, Paulo Portas, quando a mentira tem uma base de verdade.

Depois, quando a verdade vem à tona, já é tarde demais
porque, o esclarecimento, da "inverdade" com a mentira ou da mentira com uma base de verdade, já passou em todas as rádios e em todas as televisões a todas as horas certas em todos os telejornais e em todos os blocos noticiosos
e há sempre as alminhas de boa-fé que ouviram a verdade a que temos direito mas que já não ouvem a verdade ela própria porque nem sequer passa na comunicação social, ela própria câmara de eco do ministro câmara de eco.
--------------

O campeão olímpico de contorcionismo no seu melhor

(-por josé simões, http://derterrorist.blogs.sapo.pt/, 12/5/2014)

O CDS, perdão, a ministra da agricultura Assunção Cristas, liberaliza o eucalipto,
o CDS, perdão, o ministro da Economia, Pires de Lima, anuncia a "viragem económica" e a "captação de investimento",
o CDS, perdão, o vice-primeiro-ministro, chama os jornais e as televisões para, sem aquele sorriso cínico de superioridade iluminada com que costuma pontuar as frase marteladas em modo Twitter, anunciar pela segunda vez em menos de um ano o mesmo investimento.

A desertificação e o desordenamento do território, o envenenamento das albufeiras, a destruição da fauna, da flora e do ecossistema, o combate aos incêndios,
as economias familiares e as vidas humanas destruídas ficam a cargo do erário público.
Aumentem-se os impostos e reforce-se a rubrica do ministério para o combate aos incêndios..

«Os outros onze investimentos, ligados a dois institutos públicos, a AICEP e o IAPMEI, são reforços de negócios já existentes.
Entre eles está o da Portucel, que já tinha sido anunciado pelo Governo em Novembro de 2013»
-------
"Chegou o momento do investimento" (15/5/2014)

«Barclays reformula negócio e equaciona vender em Portugal»

«BBVA deverá sair de Portugal e colocar à venda os 83 balcões»

"Chegou o momento do investimento. Repito, depois do ajustamento chegou o momento do investimento", Vítor Gaspar em 23 de Maio de 2013

------------

"O Governo não tem um modelo de salários baixos para o país"
(14/5/2014)

«Salários do Estado até mil euros caem em 2015», e o pormenor delicioso do "eventualmente":
«Antes de o salário eventualmente subir, ainda vai descer».
Já dizia o Peter Gabriel em The Carpet Crawlers, "we' ve got to get in to get out"...


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO