De Pseudo-democracias e desgovernos a 20 de Junho de 2014 às 11:14
As «pseudo-democracias» estão a aproximar-se dos «estados securitários» e «autocracias», copiando-se nos métodos e fundindo-se na prática com os poderes privados de oligarcas e/ou grandes multinacionais e fundos soberanos...
- em que as receitas dos recursos naturais e lucros chorudos são desviados para contas privadas
- em que os custos/ despesas e dívidas são contabilizadas nas contas públicas , para os contribuintes (a classe média de pequenos e médios empresários e especialmente os trabalhores, públicos e privados, e os pensionistas pagarem... seja através de "cortes" seja através de aumento de IRS, IVA e preços dos bens e serviços essenciais ... concessionados a empresas privadas monopolistas... através de contratos e PPP/parcerias ruinosas para os cidadãos ).

Por isso é que não vemos os milionários (ou 1%) a quererem dar a cara na governação/ chefia dos estados e governos ...
pois preferem mandar atrás da cortina, comprando e manipulando políticos e governos como fantoches e seus capatazes. ...
e se o clamor/revolta dos cidadãos acontecer, basta-lhes retirar-se por uns tempinhos e escolher novos capatazes e fantoches ...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres