6 comentários:
De CIA+Mossad+... fomentam Terrorismo a 18 de Fevereiro de 2015 às 12:22
Presidente do Sudão acusa a CIA e a Mossad de estarem por detrás do Estado Islâmico e do Boko Haram

O presidente do Sudão denunciou, numa entrevista ao “Euronews”, que a CIA norte americana e a Mossad israelita estão por detrás dos grupos ISIS (Estado Islâmico) e Boko Haram.

Falava depois do ISIS ter publicado um vídeo sobre a execução de 31 cristãos coptas na Líbia, um acto que levou o Egipto e o Sudão a responderam com ataques Aéreos contra a zona onde Al-Bashir disse ao jornalista:
“Disse que a CIA e a Mossad estão por detrás destas organizações; nenhum muçulmano seria capaz de realizar tais actos.”

O Boko Haram raptou 300 raparigas de uma escola na Nigéria no ano passado e mais recentemente reivindicou a responsabilidade pelo massacre em Baga, no nordeste da Nigéria, avisando que os assassinatos que se veem nos vídeos são apenas “a ponta do iceberg”.

O ISIS matou milhares de pessoas do Iraque e Síria no seu ataque sangrento e que dava o seu apoio ao esperado combate violento contra eles em resposta

Esta declaração foi feita depois do dirigente do Hezbollad do Líbano afirmar que a CIA e a Mossad estavam por detrás do grupo extremista, de acordo com a Associated Press.

Já em Janeiro, o presidente da Câmara da maior cidade turca, Antara, que a Mossad estava envolvida no massacre contra o Charlie Hebdo, cometido por militantes islamitas.
Explicando a teoria da conspiração sugeriu que Israel esteve por detrás porque queria criar inimizade contra o Islão,
segundo o Finantial Times reportou (ver também o caso do jovem do ISIS que em gravação em lágrimas se desculpou).

A discussão alargou-se e o Presidente foi confrontado com o relatório do Human Rights Watch
denunciando que mais de 200 mulheres e raparigas foram violadas por tropas sudanesas num assalto a Dabit, no norte da cidade de Darfur, que a organização diz ter ocorrido em 30 de Outubro.

Segundo o Euronews, o presidente desmentiu o relatório dizendo que essa questão tinha sido transmitida pela Rádio Dabanga, hostil ao regime e fundada por um israelita.

A entrevista completa com al-Bashir vai poara o Ar, amanhã, 4ª f.

(-por António Abreu ,17/2/2015, Antreus)


De USA, Israel e ... criam orgs Terroristas a 23 de Fevereiro de 2015 às 11:49
Gen. Clark denuncia que foi Israel que criou o Emirato Islâmico (Daesh)

O general Wesley Clark que foi comandante supremo da NATO declarou à CNN que o Emirato Islâmico (ou Estado Islamico da Siria e Iraque, org. militar terrorista apoiado tb por sunitas da Arábia ...), também conhecido por Daesh, foi criado pelos "nossos amigos, pelos nossos aliados para derrotarem o Hezbollah" (partido armado Libanês, apoiado pelos chiitas do Irão).
Conhecida a posição de Clark, sabe-se que ele se refere a Israel e não a outros países

Já há mais de treze anos que este general é porta-voz de um grupo de oficiais das forças armadas dos EUA que se opõem à influência que Israel estará a ter sobre a reconfiguração imperialista do Médio Oriente.

Exprimiu anteriormente a oposição da ida de tropas para o Iraque e às guerras conduzidas contra a Líbia e contra a Síria.

https://www.youtube.com/watch?v=QHLqaSZPe98#t=31

(- por António Abreu , Antreus, 22/2/2015)


Comentar post