13 comentários:
De candidato a Novo Poder e adjuntos ... a 30 de Setembro de 2014 às 16:58
Portugal reloaded

(-29/09/2014 por António de Almeida, Aventar)

Sob a égide dos antigos líderes Mário Soares, Almeida Santos, Jorge Sampaio, Ferro Rodrigues e José Socrates, ou figurões como Manuel Alegre, António Costa chegou ontem à liderança do PS.

De regresso ao palco mediático poderão estar (canastrões) ilustres políticos como Augusto Santos Silva, Pedro Silva Pereira, Mário Lino, Jorge Lacão, José Lello, Alberto Costa ou Vieira da Silva, sem esquecer os (paus para toda a obra) promissores Marcos Perestrello ou o sempre voluntarioso keynesiano de serviço, que almejará ser um sucedâneo à altura de Carlos Moedas, João G., verdadeira estrela em ascenção no partido desde que o ex-primeiro ministro e estudante em Paris o incluiu na lista de deputados ao abrigo de quotas, pelo desempenho demonstrado em blogues que distintamente (bajularam o querido líder) o serviram.

Perante tão valioso plantel e face ao descrédito que o actual governo almejou, é caso para pensar que o PS regressará em breve, a troika(2/3/4/...) será um pouco mais tarde…


De Saída de Seguro: 20 valores a 15 de Outubro de 2014 às 12:22
Vinte valores

Numa terra de bandalhos e de candidatos a bandalhos morais, registo a simbologia ética do gesto de renúncia ao mandato de deputado de António José Seguro.
Por muito boas pessoas que a maior parte dos deputados do PS sejam,
não seria verosímil o homem voltar a sentar-se lado a lado com quem, com inusitado zelo e durante três anos consecutivos, o quis ver pelas costas.

Parafraseando o Michaux, sempre que nos esquecemos do que vale a natureza humana, caímos na tentação de a apascentar e de lhe querer bem.
E é invariavelmente o que se paga mais caro nesta vida. Vinte valores.

(- João Gonçalves, P.dos pequeninos)


Comentar post