De farto de palavras a 12 de Março de 2015 às 11:14
O que me surpreende é como o autor do artigo conseguiu escrever o mesmo, porque estou seguro que na escola onde andou, o número de alunos era superior ao atual.

E que não há milagres


De Problemas da Escola Pública ... a 12 de Março de 2015 às 15:16
Não tenho a mesma percepção que o autor dos principais problemas / factores que influenciam/determinam a situação do sistema de ensino (em especial nas escolas públicas),
mas reconheço que se devem "atacar" principalmente as causas (a montante)
e não tentar fazer "remendos" sobre "buracos" ou andar sempre a "apagar fogos"...
- mas perguntem aos profissionais da educação, no terreno (nas escolas públicas: docentes, não docentes, técnicos)
e àqueles que têm vindo a pedir a reforma antecipada, mesmo com grandes penalizações,...
o porquê da situação, quais as causas e algumas medidas, ...
em vez de consultarem (e pagarem caro) "especialistas externos" e encomendarem "elaborados estudos" (a gabinetes de ...) ou tomarem decisões em cima do joelho, nos gabinetes (cheios de 'boys' e 'yesmen'),
ou intencionalmente seguirem a cartilha neoliberal (mais dolosa do que incompetente) procurando destruir o sistema público para privilegiar o "empreendedorismo" e negócios privados....

Quanto ao autor (N. Serra) não sei em que condições fez a sua escolaridade.

Eu, já com + de 50 anos, andei nos vários ciclos e universidades e nunca estive em turmas com mais de 29 alunos -- valor que actualmente é ultrapassado em muitas turmas de muitas escolas.

Por outro lado,
as escolas não se integravam em mega-agrupamentos e a gestão era mais directa/próxima;
a burocracia era reduzida (menos planos disto e daquilo, menos reuniões, menos papeis, ...);
os regulamentos/directivas e a educação (familiar e social) restringiam imenso os "maus comportamentos" e em especial a perturbação/abandalhamento durante e nas aulas, pelo que as aulas serviam para transmitir saber, praticar e aprender a "matéria";
os programas eram mais simples/concentrados e não estavam em constante alteração;
...
claro que também havia uma "selecção económico-social", menos liberdade, etc

Zé T.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres