1 comentário:
De BdP: má despesa pública. a 19 de Março de 2014 às 10:03

O Banco de Portugal precisa de terapia


Os leitores estão cansados de saber que a austeridade fica à porta do Banco de Portugal (BdP).
Na semana passada, descobrimos os novos BMW´s adquiridos por esta instituição que leva uma vida de rica num país pobre e hoje é dia de falar de mobiliário - e não só.
No final de Fevereiro, o BdP lançou o concurso público para "aquisição de mobiliário geral" pela módica quantia de 625 mil euros.
Como é do conhecimento público além fronteiras, as contas não são o ponto forte desta casa (basta lembrar a supervisão -não- feita ao BPN e BPP, por exemplo)
e chegada a Março lá concluiu que todo aquele dinheiro não dava para comprar cadeiras e ontem lançou o respectivo concurso público no valor de 198 mil euros.
Naturalmente, na azáfama das compras ninguém tem tempo para pensar em muito mais e o BdP lá decidiu gastar mais 195 mil euros na aquisição de serviços de avaliação de candidatos.

E o Má Despesa pergunta:
quando é que a troika interna o Banco de Portugal?


(- por Má Despesa Pública , 19/3/2014)


Comentar post