De Mídia e Trampas ... até arder. a 3 de Fevereiro de 2017 às 16:31
--- A gaiola das malucas ('trampas')
(por CB Oliveira, 2/1/2017, crónicas do rochedo)
... Em tempo:
Estejamos descansados.
Trump despede, persegue, proíbe, maltrata,
despreza as leis, ignora a Constituição,
defende a tortura, marimba-se para os direitos Humanos, mas não se passa nada.
Quem se indigna é histérico. Keep Calm!
Quando a casa estiver a arder a gente conversa.

----- Falemos então de coisas importantes (ou boa)

As pessoas andam cansadas de ouvir falar de Trump. Sobre a possibilidade de Marine Le Pen vir a vencer as eleições em França também não querem falar, porque não gostam de especulações.
Depois de o povo votar, logo se vê.

Política? Nem pensar, porque os políticos são todos iguais e já deram para esse peditório.

Sobre ambiente? Realmente é um bocado chato não sabermos se vai estar calor em Agosto, mas o pior é se o presidente da Câmara manda demolir a casa ilegal que construímos em solo dunar.

As centrais nucleares são um perigo? Talvez… mas temos de morrer de alguma coisa, não?

Sobre Justiça? Há juízes cujas sentenças não se compreendem, mas profissionais incompetentes há em todas as profissões. O melhor é não arranjarmos problemas com a Justiça, para não termos de nos queixar dela.

Vamos então falar de quê?
De coisas importantes, obviamente, que tenham a ver com o dia a dia das pessoas.

Andei a ver a TV em horário nobre, durante uma semana, para ver os canais de informação e os abertos e tentar perceber quais são as coisas que preocupam os portugas e mexem com o seu dia a dia.
A avaliar pela programação naquele horário, há três temas que interessam aos portugueses e os preocupam:
telenovelas, mexericos e futebol. (...)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres