2 comentários:
De e agora: propaganda chinesa ! e depois?! a 6 de Julho de 2015 às 15:50

Chefe da propaganda do PC chinês reuniu com Coelho e Costa

4 de Julho, 2015, http://www.esquerda.net/artigos/6

O diretor de comunicação do Partido Comunista da China veio a Lisboa esta semana encontrar-se com Passos Coelho e António Costa.
Na agenda trouxe a intenção de aumentar a presença chinesa nos media em língua portuguesa.

(i.e. comprar TVs, jornais, agências de notícias, e publicidade/ propaganda, ... muita e a preço de saldo !

o próximo passo será "investir" no Min. Educação ou reeducação, na Min. Justiça, e no da Adm. Interna/ polícias ... )


Ler mais...


De NeoLiberal desGoverno e dolo. a 2 de Julho de 2015 às 15:56
Madame Tussauds ('cabeças cortadas')


«Enquanto em Portugal se comemora o regresso do "orgulhosamente sós", que tinha feito escola há muitas décadas por causa da crise grega,
os dias vão correndo céleres até às eleições que ameaçam tornar o país numa versão do museu da Madame Tussauds.

Onde a falta de uma maioria absoluta e a substituição do Presidente do país podem colocar-nos como uma estátua de cera à mercê dos chamados mercados.
Mas, entretanto, a política governamental continua a ser um novelo cheio de nós que continua a saltitar ao sabor
da maior carga fiscal que jamais caiu sobre os portugueses.
Enquanto a dívida pública continua nutrida. (...) a aumentar

Um dos casos exemplares de como os partidos governamentais têm feito, a seu favor, a "privatização" do Estado
e lutado contra as suas "gorduras" é a
coisa assombrosa de gabinetes ministeriais (da Justiça e da Economia) terem pedido aos seus serviços (pagos pelos contribuintes)
que analisassem as propostas eleitorais de um partido da oposição.
A transformação do Estado num condomínio privado prossegue a todo o vapor.
Será este o "liberalismo" apregoado?
Pelo meio assiste-se ao diletantismo do Ministério da Educação a promover a ida dos alunos de bicicleta para as escolas por causa da obesidade.
E que tal uma política educativa de alimentação para prevenir os males que afectarão o Serviço Nacional de Saúde num futuro muito próximo?
Isto para já não falar na esmerada ministra da Administração Interna que, desde que chegou ao cargo, transformou o sector num hospício?
Os casos gritantes dos bombeiros e dos helicópteros Kamov, depois dos polícias, mostram algo simples:
incompetência pura e simples.»

Fernando Sobral


Comentar post