De Fr.: Não cumpre Tratado Estabil. Orçamen a 17 de Março de 2015 às 11:36
Um murro na mesa


A França resolveu dar um murro na mesa:
não vai cumprir as regras do Tratado de Estabilidade Orçamental,
nomeadamente as metas do défice.
Ninguém reagiu, nem falou em punições

Marilu e Passos esconderam-se debaixo da mesa?


(- por Carlos Barbosa de Oliveira ,12/3/2015, http://cronicasdorochedo.blogspot.pt/ )

---- Parece que há uns membros da UE e Eurozona que são mais iguais do que outros ...
ou ainda têm um restinho de consciência e tomates...


De 'Milagre' NeoLiberal a 17 de Março de 2015 às 12:02

Jyrki Katainen: "Um verdadeiro Milagre"

Entrou-me pela casa dentro, com a ajuda da RTP, um tal JYRKI KATAINEN, com ar de embaixador dos "mercados"
mas que afinal é o vice-presidente da Comissão Europeia, líder do Partido da Coligação Nacional (partido conservador NEOLIBERAL) e ex-1º Ministro da Finlândia.

Este cavalheiro, um acólito de Ângela Merkel, veio garantir a um país atónito, que a política do Governo, nestes três anos, representa um VERDADEIRO MILAGRE.
Está em visita ao 1ºM PPC e recomendou-lhe, ali à nossa frente, SEM VERGONHA, que prossiga a sua política de "mudanças estruturais".
Mudanças estruturais? Está a referir-se a quê?
À dívida que passou de 90% do PIB para 130%,
ao desemprego que subiu para o dobro,
aos cortes de salários da administração pública e dos reformados,
aos cortes na Saúde, na Educação, na Segurança Social,
à maior vaga de emigrantes desde os anos 60 e agora com o predomínio de licenciados e quadros técnicos?

Ou estará a referir-se à privatização de empresas estratégicas da economia nacional?
O mais certo é o GRANDE MILAGRE que refere ter consistido em libertar os BANCOS alemães e franceses que arcavam com a maior parte da insegura dívida soberana portuguesa.

Esse Sr. KATAINEN está a tomar-nos por parvos?
Está a falar de "milagre" a um país socialmente devastado, a uma população condenada à pobreza?!
Ou estará a referir-se aos 840 multimilionários portugueses que aumentaram as suas fortunas
de 90 para 100 mil milhões de dólares em 2012, um dos anos de maior empobrecimento dos "outros portugueses" ? ( "Relatório de Ultra Riqueza no Mundo 2013" do banco suíço UBS)


(# posted by Raimundo Pedro Narciso, PuxaPalavra, 17/3/2015)


De Neoliberal agiotismo transnacional a 18 de Março de 2015 às 10:31
Me irrita

Irão desculpar-me, mas ver aquele aborto gordo do FMI falar de Portugal como se fosse o dono de tudo isto, irrita-me especialmente.

Um barda-merda qualquer de quem não fixei, não sei, nem quero saber o nome, um estrangeiro
representante de uma qualquer porcaria que em nome do agiotismo internacional se dá ao direito de ter voz num qualquer canal
português e que fala de Portugal
como se fosse um baldio sem dono e sem soberania,
enoja-me, revolta-me, dá-me vontade de o defenestrar com uma bengala enfiada pelo rabo acima.

Ouvir um borra-botas, que no país dele deve ser pouco mais do que um lacaio lambe-cús
(bem dito MEC por expressões tão portuguesas), falar da nossa Nação como se fosse uma cavacolândia
submissa à laia de um guincho de láparo.

E o homem nem sequer se chama Ricardo.

Fónix!
LNT [0.150/2015] 16/3/2015


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres