APRe! - Venham mais cinco!



Encontro APRe! Lisboa Norte com lotação esgotada!


No dia 24 de Junho, realizou-se no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Telheiras, freguesia do Lumiar, em Lisboa, um Encontro dos Reformados das freguesias de Carnide, Lumiar, Santa Clara, Benfica e S. Domingos de Benfica, aberto a todos os reformados e aposentados.

O resultado do esforço de dinamização e divulgação nestas freguesias foi o enorme êxito que constituiu esta iniciativa, uma verdadeira enchente havendo participantes em pé e sentados nas escadas de acesso. Num espaço com 144 lugares sentados, estiveram presentes e participaram nos trabalhos cerca de 200 pessoas, tendo resultado de imediato 33 novos associados da APRe! e sido distribuídos dezenas de boletins de adesão. 

Na mesa estiveram, além da representação da Direcção e da Delegação de Lisboa, os dinamizadores destas freguesias.

No arranque deste encontro foram evidenciados aspectos relevantes da intensa actividade da associação, nomeadamente sobre o apoio do Gabinete de Advogados que está a dar suporte jurídico; foi mencionado o empenho que existe em que a APRE! venha a ser reconhecida como membro do Conselho Económico e Social em representação dos aposentados e reformados; foi também evidenciada a importância de acordos e parcerias com outros grupos similares em Portugal ou estrangeiro e sobre acções futuras em preparação, como um Colóquio Internacional a realizar, previsivelmente, em Outubro.

Com suporte num conjunto de slides elucidativos, foi apresentado o que tem sido o trabalho dos núcleos destas freguesias, pondo também grande enfoque nas iniciativas já em curso e futuras, como audiências com os Presidentes das Juntas de Freguesia; constituição de grupos de trabalho para elaboração de estudos e estatísticas; reuniões plenárias periódicas dos associados dos núcleos Lisboa – Norte; campanha “Venham mais cinco”; etc. Referiu-se ainda, contar com as sugestões dos associados destas zonas e com a colaboração de todos, para a identificação de novas acções e para o crescimento exponencial da APRe! nestas freguesias. 

No animado e muito participado período de debate, considerado o momento mais importante do Encontro, os presentes colocaram questões pertinentes, tendo sido devidamente esclarecidos pelos elementos da Direcção e da Delegação de Lisboa, presentes na mesa e várias dessas sugestões irão tomadas em conta pelos órgãos da APRe!

Merece registo o número de presentes que se manifestaram disponíveis para colaborar activamente na acção e expansão da APRe! nesta zona da cidade.


Para esclarecimentos ou sugestões, contacte os Núcleos Lisboa Norte, pelos endereços de mail:

aprecarnidelumiarsantaclara@gmail.com


aprebenficasdomingosbenfica@gmail.com


P.S. Qunatos mais formos maior será a nossa força. Hoje somos milhares amanhã deveremos ser milhões!  Temos de lutar contra as maldades que nos andam a fazer e contra a velhacaria que nos governa.


Publicado por Otsirave às 16:16 de 26.06.13 | link do post | comentar |

PÂNTANOS E CAMPOS FLORIDOS

Os holandeses conseguiram transformar pântanos e terras daninhas em campos floridos. Tendo, grande parte dos seus territórios, sido conquistados ao mar, os chamados Países Baixos conseguem, de tais territórios, obter consideráveis e abundantes rendimentos.

Quando um certo sujeito, comummente para a maioria dos portugueses, por ter perdido umas eleições, virou costas a responsabilidades e compromissos, pouco antes assumidos, escusando-se na autojustificação de que o país se havia tornando ingovernável e num território demasiadamente pantanoso. Um outro que bradou contra “barões DO PROPRIO PARTIDO”, uns anos antes, não teve a mesma coragem e acomodou-se aos encostos partidários e continua no ativo depois de um ligeiro interregno. Um é alto-comissário o outro vive num palácio.

Perante tal debandada e tanta sacanagem, acalentando uma força telúrica, entre o misto de esperança entranhado num punhado de utopia decidi, finalmente, pela primeira e única vez, inscrever-me num partido. Culturalmente de esquerda e militante em ações sociais e socializantes, lá acabei por tornar-me cartonado visto que o cartão sempre empresta outro relevo e reconhecida importância, julgava eu na minha boa-fé, ao trabalho entretanto desenvolvido.

Embora tardiamente, transportando o exemplo próprio de comportamento quase exemplar, me predispus a contribuir, ainda mais comprometido, para que do pântano surgisse um campo florido onde cada criança e seus avós pudessem passear e colher flores sem se preocuparem com os trabalhos dos progenitores de uns e descendentes de outros haveriam de encetar obra para que as esperanças por um futuro risonho não mais tivesse esmorecimento.

A utopia foi sol de pouca dura e a esperança depressa teve o esclarecido embarramento nos esquemas pantanosos do aparelho partidário.

A experiencia demonstrou-me que, quer à esquerda como à direita, a luta é sempre a mesma e igual. Luta-se pelo poder e já não é, em ultima analise, (à primeira vista parece que não) para o partido e para que este exerça, a bem do povo, a gestão da rés-pública.

Luta-se pelo poder de certos grupos que, começando por controlar o aparelho do partido, se apropriam, sem amarras nem controlo, à conquista do Estado amarrando a Nação e os respectivos nativos aos esquemas e malabarismos, por si engendrados, na pilhagem do bolo nacional a que chamamos Orçamento de Estado. Inauguram tudo e mais alguma coisa para mostrar obra feita, engordar os algozes e engar o pagode.

Põem e dispõem a seu belo prazer e em função da gula de seus patronos, engordando, uns e outros, na mesma proporção em que o povo emagrece e definha.

Eu, pelo que vi e que fiquei a conhecer, deixei de acreditar na regeneração destes partidos.

Assim será até que o povo se levante, for capaz de correr com os corruptos e for capaz de plantar flores em pântano apodrecido, transformado em terra sã.



Publicado por Zé Pessoa às 12:26 de 24.06.13 | link do post | comentar |

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO